Como Foi O Martírio do Imam Hossain (a.s)

14:12 - 2017/11/06

Os inimigos atacaram o neto do Mensageiro de Deus (S.A.A.S.), o filho de Fátima e de Ali (A.S.) o terceiro Imam da nação, atacaram-o com espadas e lanças.Neste momento, Zainab al-Kubra saiu de sua tenda com medo do que estava acontecendo com seu irmão, ela não conseguia mais vê-lo de longe e estava abalada frente a tantas tragédias. Omar ibn Saad se aproximou de Zainab e então ela gritou para ele: “Ó Omar, você desejava que Abu Abdillah morrese e você visse isso?”O amaldiçoado Omar ibn Saad virou seu rosto que estava cheio de lágrimas e ela gritou de novo: “Que a maldição esteja sobre vocês. Não há sequer um muçulmano entre vocês?”

Como Foi O Martírio do Imam Hossain (a.s)

 

Os inimigos atacaram o neto do Mensageiro de Deus (S.A.A.S.), o filho de Fátima e de Ali (A.S.) o terceiro Imam da nação, atacaram-o com espadas e lanças. Neste instante, o amaldiçoado e maldito Zer´a ibn Sharik atacou-o no ombro direito e na garganta, outro inimigo o atacou sobre seu peito, e o amaldiçoado Sinan ibn Anas atacou seu pescoço com uma flecha, sendo que Saleh ibn al-Wahab o atacou também
Neste momento, Zainab al-Kubra saiu de sua tenda com medo do que estava acontecendo com seu irmão, ela não conseguia mais vê-lo de longe e estava abalada frente a tantas tragédias. Ela disse: “Desejaria que o céu caísse sobre a terra!”. Omar ibn Saad se aproximou de Zainab e então ela gritou para ele: “Ó Omar, você desejava que Abu Abdillah morrese e você visse isso?”.
O amaldiçoado Omar ibn Saad virou seu rosto que estava cheio de lágrimas e ela gritou de novo: “Que a maldição esteja sobre vocês. Não há sequer um muçulmano entre vocês?”
     A maior das tragédias
Omar ibn Saad disse em voz alta: “Desçam e acabem com ele”. Neste instante um grupo de soldados o atacou para matá-lo e cortar sua cabeça, mas quando eles chegavam perto do Imam ele olhava para eles e eles corriam com medo. Até que o amaldiçoado Shemer ibn Dhil Jaushan foi em direção ao Imam (A.S.), o chutou, sentou em seu peito e segurou a sua abençoada barba, atacando
o Imam (A.S.) por doze vezes e cortando a sua sagrada cabeça. Ó meu senhor! Ó Hussein! Que grande tragédia foi esta que caiu sobre todos nós! A terra se curvou, as faces do planeta escureceram, uma ampla cor vermelha pintou o céu, o que era considerado um sinal para os criminosos, que com esta chacina ultrapassaram todos os limites de Deus81.

Neste momento, o cavalo do Imam al-Hussein (A.S.) manchou a sua testa com o sangue do Imam (A.S.) e correu alucinadamente em direção ao acampamento do Imam para avisar a família sobre o martírio do Imam .
Quando as mulheres olharam para o cavalo naquela situação sentiram o tamanho da perda e da tragédia, se batiam e choravam, gritavam frente ao martírio do Imam al-Hussein (A.S.). Neste instante Zainab al-Kubra gritou:
“Ó Mohammad! Ó pai! Ó Ali! Ó Jafar! Ó Hamzah! Este é Hussein no campo de batalha! Assassinado e martirizado em Karbala! Eu gostaria que o céu caísse sobre a terra e que as montahas se acabassem sobre os vales!”
Neste momento todos atacaram o Imam (A.S.) para saqueá-lo, um fiou com a sua espada, outro com sua roupa, outro com o seu turbante. Um dos inimigos observou que o Imam (A.S.) possuía um anel que estava coberto de sangue. Ele tentou tirá-lo, porém não conseguiu, e por isso cortou o abençoado dedo do Imam, roubando o anel.

Um outro que não tinha roubado nada chegou e viu que não tinha mais nada para ser saqueado, e por isso quis saquear a roupa íntima do Imam, mas a mão direita do Imam se moveu e protegeu seu órgão genital. O soldado inimigo cortou a mão do Imam (A.S.) e então a sua mão esquerda se moveu e protegeu o seu órgão genital. O soldado cortou a mão esquerda do Imam também, mas quando quis tirar a roupa íntima do mesmo sentiu um tremor no chão, fiou com medo e desmaiou. Segundo o próprio saqueador, quando tinha desmaiado, viu o Mensageiro de Deus, o Imam Ali e Fátima, todos parados sobre o corpo do Imam al-Hussein (A.S.). Fátima disse: “Te mataram! Que Deus os combata e os mate”. Hussein disse: “Ó minha mãe, este homem deitado aqui cortou minhas mãos”. E então, Fátima Azzahra disse:
“Ó meu Senhor, corte seus dois braços, suas pernas, cegue-o e jogue-o no inferno”. Quando ele acordou percebeu que seus braços e pernas tinham sido cortados, e não enxergava mais. Então, do pedido de Fátima só faltava a ida para o inferno.
 

Plain text

  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <span> <blockquote> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <br> <hr> <h1> <h2> <h3> <h4> <h5> <h6> <i> <b> <img> <del> <center> <p> <color> <dd> <style> <font> <u> <quote> <strike> <caption>
  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.
  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente.
7 + 11 =
Solve this simple math problem and enter the result. E.g. for 1+3, enter 4.