Qual é o benefício da pesquisa sobre o Imamato nesta época?

09:14 - 2021/08/14

O Profeta Mohammad (S.A.A.S.) ainda continuava vivendo entre os ignorantes e gritava entre os adormecidos, convocando todos para que se assegurassem no Livro e nos Ahlul Bait juntos, pois isso signif i caria que a liderança política dos Ahlul Bait (A.S.) não era limitada a um tempo específico, e sim seria na verdade uma liderança eterna até o dia do Juízo Final, e que seria traduzida no nosso cumprimento de seus ensinamentos religiosos no que precisamos e tudo que estiver ligado a religião. Por isso, devemos focar nas tradições e passagens que abordam a liderança espiritual deles mais que a liderança política.

Qual é o benefício da pesquisa sobre o Imamato nesta época?

Aqui é apresentada uma pergunta a respeito da qual se empenham os que buscam a união dos muçulmanos. Eles dizem:

A pesquisa sobre o meio para se conhecer o califa e sucessor do Profeta Mohammad (S.A.A.S.) é uma questão histórica. Quem é o califa depois do Profeta (S.A.A.S.)? É o Príncipe dos Fiéis, o Imam Ali ibn abi Taleb (que a paz esteja com ele)? Ou é Abu Bakr? No que é benéfica a pesquisa sobre este tema aos muçulmanos em suas vidas contemporâneas? Não seria melhor deixar esta discussão de lado para preservar a união entre os muçulmanos?

A resposta:

Primeiro: Não há duvida que a grande maioria das divergências entre a nação se deram sobre o Imamato, e nenhum espada foi desembainhada por questão religiosa alguma como foi par a questão do Imamato e da liderança.

É uma obrigação dos muçulmanos livres, que nada desejam senão o interesse dos muçulmanos, que busquem a união, mas isso não signif i ca deixar de pesquisar e fechar as portas dos estudos, pois se o estudo for etivo, verdadeiro e preciso, certamente terá efeito na união e na aproximação, pois cada escola conhecerá o que a outra alega, questões ligadas a crença e princípios, e por isso ambas começarão a se aproximar.

Este resultado será contrário ao que iremos enfrentar caso deixemos de pesquisar e estudar, pois se começa a criar uma imaginação equivocada que origina acusações infundadas de uma escola contra a outra sobre as questões de crença e seus ensinamentos.

Segundo: A busca pelo meio de conhecer o Imamato (Liderança) depois do Profeta (S.A.A.S.) se divide em dois aspectos:

a) Aspecto histórico.

b) Aspecto religioso, cujo seus efeitos são permanentes até o momento, e cada muçulmano deve adotá-lo no sentido de que se realmente Ali (A.S.) tenha sido nomeado para o cargo da Wilayah (Liderança) e Califado (Sucessão), no sentido que os xiitas admitem, então ele (A.S.) se tornaria o Imam e líder daquela época, e o refúgio para todo tipo de problema ou questão que surgiram após o Mensageiro de Deus (S.A.A.S.). Então, os muçulmanos devem procurá-lo no que diz respeito a interpretação do Alcorão Sagrado e sua explicação, e em todos os demais temas e questões.

Com base nisso, o que foi falado antes, e não queremos voltar a repetir o assunto de que ele (A.S.) deveria ser o líder daquela época ou não, o mais relevante é que ele (A.S.) é o líder religioso e a sua liderança no sentido dos ensinamentos e jurisprudências islâmicas é continua e permanente, portanto, cada muçulmano deve procurá-lo com base nesta evidência, como a Tradição de Ghadir e outras.

 Então, a questão não é apenas política para discutirmos quem deveria ser o líder ou governante da época, e sim há outras questões e aspectos envolvidos mais importantes do que isso.

Se o nosso estudo chegou até aqui então temos que nos concentrar numa outra questão que é a seguinte: O Profeta Mohammad (S.A.A.S.) ainda continuava vivendo entre os ignorantes e gritava entre os adormecidos, convocando todos para que se assegurassem no Livro e nos Ahlul Bait juntos, pois isso signif i caria que a liderança política dos Ahlul Bait (A.S.) não era limitada a um tempo específico, e sim seria na verdade uma liderança eterna até o dia do Juízo Final, e que seria traduzida no nosso cumprimento de seus ensinamentos religiosos no que precisamos e tudo que estiver ligado a religião. Por isso, devemos focar nas tradições e passagens que abordam a liderança espiritual deles mais que a liderança política.

A pesquisa sobre o meio para se conhecer o califa e sucessor do Profeta Mohammad (S.A.A.S.) é uma questão histórica. Quem é o califa depois do Profeta (S.A.A.S.)? É o Príncipe dos Fiéis, o Imam Ali ibn abi Taleb (que a paz esteja com ele)? Ou é Abu Bakr? No que é benéfica a pesquisa sobre este tema aos muçulmanos em suas vidas contemporâneas? Não seria melhor deixar esta discussão de lado para preservar a união entre os muçulmanos ?

palavra-chaves: 

Plain text

  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <span> <blockquote> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <br> <hr> <h1> <h2> <h3> <h4> <h5> <h6> <i> <b> <img> <del> <center> <p> <color> <dd> <style> <font> <u> <quote> <strike> <caption>
  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.
  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente.
3 + 3 =
Solve this simple math problem and enter the result. E.g. for 1+3, enter 4.