Fakhr Al-Razi .e a Liderança do islam

19:19 - 2021/09/01

Facilita-me a tarefa . E desata o nó de minha língua. Para que compreendam a minha fala . E concede-me um vizir dentre os meus. Meu irmão Aarão. Me fortalecerei por ele, E associa-o à minha missão  Então, Tu (Ó Deus) revelaste sobre ele um Alcorão falante: “Respondeu-lhe: Em verdade, fortalecer-te-emos com teu irmão; dar-vos-emos tal autoridade, para que eles jamais possam igualar-se a vós. Com os Nossos sinais, vós e aqueles que vos seguirem sereis vencedores”.

Disseram: Sim, ó Mensageiro de Deus. Então ele (S.A.A.S.) disse: Levante Ali. E eu me levantei e ele (S.A.A.S.) disse: De quem eu era o tutor então Ali é seu tutor! Ó Deus, seja amigo de seu amigo e inimigo de seu inimigo. Então Salman al-Farsi (R.D.) se levantou e perguntou: Sua tutela é como o quê? Ele (S.A.A.S.) disse: Sobre quem eu tenho o domínio Ali terá o domínio

No Tafsir Al-Kabir de autoria de Fakhr Al-Razi .
Fakhr Al-Razi, que é um interpretador sunita, ele narra sobre Abu Zar AL-Ghafari, que diz: “Certo dia realizei a oração do meio dia (Salat Al-Dhohr) com o Mensageiro de Deus (S.A.A.S.), e então um necessitado foi a mesquita e pediu ajuda, e ninguém o ajudou.
Então, o necessitado levantou suas mãos aos céus e disse: Ó meu senhor, testemunhe que fui até a mesquita do Seu profeta (S.A.A.S.) e não fui ajudado por ninguém. Neste momento Ali estava na oração prostrado. Ali o chamou com um movimento com sua mão direita, que tinha um anel. Então, o necessitado foi até ele e pegou o anel de seu dedo. E isso estava sendo testemunhado pelo Mensageiro de Deus (S.A.A.S.). Então, o Mensageiro de Deus (S.A.A.S.) levantou suas mãos aos céus e disse: Ó meu Senhor, o irmão de Moisés te pediu e disse: “Suplicou-lhes: Ó Senhor meu, dilata-me o peito . Facilita-me a tarefa . E desata o nó de minha língua.
Para que compreendam a minha fala . E concede-me um vizir dentre os meus. Meu irmão Aarão. Me fortalecerei por ele, E associa-o à minha missão  Então, Tu (Ó Deus) revelaste sobre ele um Alcorão falante: “Respondeu-lhe: Em verdade, fortalecer-te-emos com teu irmão; dar-vos-emos tal autoridade, para que eles jamais possam igualar-se a vós. Com os Nossos sinais, vós e aqueles que vos seguirem sereis vencedores”.

Ó meu senhor, eu sou Seu profeta e Seu escolhido Mohammad. Ó meu senhor, dilate-me o meu peito, facilita-me a minha missão, e concede-me um ministro da minha própria família, Ali é quem me fortalecerá”. Então, Abu Zar disse: “Quando o Mensageiro de Deus terminou a sua oração o anjo Gabriel desceu com a ordem de Deus e disse: “Ó Mohammad, diga: Certamente vossos tutores (lideres) são: Deus, Seu Mensageiro e os fi éis que observam a oração e pagam o zakat, genuf l ectindo-se ante Deus.”
Fakhr Al-Razi interpretou o significado da Wilayah (Tutela, Liderança) como auxílio e amor, e não como poder e governo. Nós o rebatemos com a seguinte lógica: a tutela e liderança de quem pagou o zakat enquanto estava genuf l exo é a mesma tutela de Deus e do Seu Mensageiro, já que todos foram citados no mesmo versículo e com o mesmo termo e base, e a tutela de Deus e do Seu Mensageiro é a tutela no sentido de governo e poder, e não no sentido de auxilio e amor a eles. Deus o Altíssimo disse no Alcorão Sagrado:“O Profeta tem mais tutela (domínio) sobre os fiéis do que eles mesmos (sobre si)...”(C.33 – V.6)

O significado com certeza é este, pois senão estaríamos usando dois signif i cados para um único termo, e isso não está certo, pois se os signif i cados forem diversos os termos também devem ser. Ao mesmo tempo não há dúvida que o termo “Wali – Tutor” citado no Alcorão Sagrado neste versículo não signif i ca auxílio ou amor, pois a tutela no sentido de auxílio e amor não é limitada àqueles que praticam a oração e pagam o zakat enquanto estão genuf l exos, e sim a todos os muçulmanos, que devem se auxiliar e devem se amar, até mesmo aqueles que não pagam o Zakat pois podem não ter nada para pagar o zakat. Então, como pagariam o zakat enquanto estivessem genuf l exos? Todos eles devem se amar entre si e devem auxiliar uns aos outros.
Num dito Zaid ibn Arqam disse: Certo dia o mensageiro de Deus (S.A.A.S.) nos disse:Eu não sou a preferência na sua tutela, até mesmo mais que vocês mesmos?” Disseram que sim. Então, ele (S.A.A.S.) disse: “De quem eu era o senhor Ali é o seu senhor!”

Numa passagem Salim ibn Qais disse: Vi Ali (A.S.) na Mesquita do Profeta Mohammad (S.A.A.S.) durante o califado de Othman, e alguns estavam ali debatendo e estudando as jurisprudências. Então, eles começaram a falar sobre a tribo de Quraish, suas virtudes, honra e posição, e narrações sobre o Profeta Mohammad a respeito dela. Então o Príncipe dos Fiéis (A.S.) disse: Eu vos convoco por Deus, Majestoso seja. Vocês sabiam que o Mensageiro de Deus (S.A.A.S.) discursou entre as pessoas no dia de Ghadir Khom e disse: “Ó humanos, saibam que Deus Majestoso é o meu Mawla´i (tutor), e eu sou o Mawla (tutor) dos fi éis, e eu tenho o domínio sobre eles mais do que eles mesmos sobre si?
Disseram: Sim, ó Mensageiro de Deus. Então ele (S.A.A.S.) disse: Levante Ali. E eu me levantei e ele (S.A.A.S.) disse: De quem eu era o tutor então Ali é seu tutor! Ó Deus, seja amigo de seu amigo e inimigo de seu inimigo. Então Salman al-Farsi (R.D.) se levantou e perguntou: Sua tutela é como o quê? Ele (S.A.A.S.) disse: Sobre quem eu tenho o domínio Ali terá o domínio”.

Aqui fica claro a todos nós que o significado da palavra“Wali – Tutor” neste versículo é a autoridade e a supervisão, governar e liderar, seja no aspecto físico ou espiritual, especialmente quando este termo foi trazido de uma maneira pararela a tutela do Mensageiro de Deus (S.A.A.S.) e de Deus o Altíssimo, sendo que as três Wilayah (Tutelas) foram citadas no mesmo versículo.

Com isso, o versículo alcorânico é considerado uma evidência e argumento sobre a tutela de Ali e o Imamato de Ali ibn abi Taleb (A.S.) sobre os muçulmanos. O mais interessante é que o livro Ghayat Al-Maram registra 24 narrações de fontes sunitas e de fontes xiitas.

Plain text

  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <span> <blockquote> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <br> <hr> <h1> <h2> <h3> <h4> <h5> <h6> <i> <b> <img> <del> <center> <p> <color> <dd> <style> <font> <u> <quote> <strike> <caption>
  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.
  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente.
Fill in the blank.
تمامی حقوق متعلق به اداره تبلیغ اینترنتی معاونت تبلیغ حوزه های علمیه می باشد