Interpretação do Alcorão -Báqara XII

18:53 - 2021/12/04

Outro sinal dos hipócritas é a sua matização com as cores dos seus interesses. Eles são aproveitadores, demonstrando, em momentos diferentes, lealdade aos crentes e aos seus sedutores: “E quando se deparam com os crentes, asseveram: Cremos. Porém, quando a só com os seus sedutores, dizem: Nós estamos convosco; apenas zombamos deles.” Eles asseveram aos seus sedutores que estão com eles, e que sua lealdade aos crentes é superfcial, tendo como objetivo zombar deles.

Interpretação do Alcorão

Interpretação do Alcorão -Báqara , Parte 13

Tolice é o ser humano perder a sua personalidade, seguindo uma conduta dualista, desperdiçando, assim, a sua potência no caminho de incertezas, ardis e destruição. Apesar disso, ele continua acreditando na sua racionalidade. Quando o tolo sabe que é tolo? Quando o desviado sente que está distante da senda reta?
Outro sinal dos hipócritas é a sua matização com as cores dos seus interesses. Eles são aproveitadores, demonstrando, em momentos diferentes, lealdade aos crentes e aos seus sedutores: “E quando se deparam com os crentes, asseveram: Cremos. Porém, quando a só com os seus sedutores, dizem: Nós estamos convosco; apenas zombamos deles.” Eles asseveram aos seus sedutores que estão com eles, e que sua lealdade aos crentes é superfcial, tendo como objetivo zombar deles.

Em tom enérgico e decisivo, o Alcorão lhes responde: “Mas Deus zombará deles”. Castigá-los-á pelas suas zombarias: “Os hipócritas e as hipócritas são semelhantes: recomendam o ilícito e proíbem o bem, e são avarentos. Esquecem-se de Deus, por isso Deus deles Se esquece”[1] . E diz: “E conspiraram; e Deus, por Sua vez, também conspirou, porque é o melhor dos conspiradores”[2]. E afrma, ainda: “E o delito será expiado com o talião.[3] “(...) e os abandonará vacilantes, em suas transgressões”. Ele lhes dilatará o prazo na sua insolência e incredulidade.

O último versículo explica o destino funesto dos hipócritas, o seu prejuízo durante a sua vida de extravio. “são...” os hipócritas “(...) os que trocaram a orientação pelo extravio”, ou seja, adotaram o erro e abandonaram a guia correta. Adotaram a incredulidade em lugar da crença. Por isso, a sua troca não foi lucrativa. Eles teriam a orientação, se quisessem.
Ela esta à sua disposição, em suas mãos. Porém, trocaram-na pela corrupção. Quão desatentos são esses “comerciantes”: “(...) mas, tal troca não lhes trouxe proveito, nem foram iluminados”.

Assim é a vida em todos os seus âmbitos e aspectos, “transações de compra e venda”, com Deus ou com o Diabo, que nada fornece sem tomar algo em troca. À luz disso, tomamos conhecimento da natureza do “comércio” desses hipócritas. Eles assumiram a posição que irá fazê-los perder o destino neste mundo e no Outro. Eles abandonaram a orientação que lhes forneceria a força e a salvação neste mundo e no outro.

Revista Islâmica Evidências

 

[1] . Alcorão sagrado, 9:67

[2] . Alcorão Sagrado, 3:54

[3] . Alcorão sagrado, 42:40

Plain text

  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <span> <blockquote> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <br> <hr> <h1> <h2> <h3> <h4> <h5> <h6> <i> <b> <img> <del> <center> <p> <color> <dd> <style> <font> <u> <quote> <strike> <caption>
  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.
  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente.
Fill in the blank.