O mundo do Islã e os direitos humanos VI

14:02 - 2021/12/11

Imam Khomeini: “Um governo pode alegar que está protegendo os direitos humanos que se baseiam em crenças divinas e religiosas e se responsabiliza por uma grande potência”.

direitos humanos

 

Não existe nenhuma diferença básica entre os direitos reconhecidos na Declaração Universal e o pensamento islâmico.

Sem dúvida, pode-se dizer que quase todas as coisas mencionadas na Declaração Universal como direitos inerentes do homem, são tratadas da mesma forma no pensamento islâmico, e em muitos casos são realizadas da melhor maneira possível. No entanto, dois pontos devem ser considerados:

1. O Islã tem em alta consideração a orientação moral correta e o desenvolvimento do homem. Como resultado disso, e com o propósito de promover a moralidade e favorecer o crescimento e a perfeição do homem, lute contra aqueles que são tiranos, que aprisionam os oprimidos servos de Deus e se opõem aos que se empenham em dificultar a difusão do pensamento monoteísta. O Islã não aprovar o desprezo e a ignorância tanto da religião quanto da fé monoteísta correta. Acredita que a propagação do secularismo e o desrespeito pela fé e pela ética estão em absoluta contradição com a dignidade humana inerente, portanto, não aceita isso, além disso, a fim de proteger os direitos essenciais do homem, tenta evitar isso usando todos os meios razoáveis ​​possíveis.

2. Na relação aos direitos das mulheres e igualdade de gênero, deve ser lembrado que o Islã considera homens e mulheres como equivalentes em seu valor espiritual inato e não acredita em qualquer diferença entre eles a esse respeito. Mas, no entanto, afirma que são duas classes diferentes do mesmo ser, às quais, de acordo com suas diferenças físicas e características espirituais, foram atribuídas obrigações e responsabilidades diferentes, segundo as quais também cabem ambos os direitos específicos.

Pode-se admitir de forma clara e categórica que, ao longo da história, a consciência humana e, em segundo lugar, o fator religioso, tiveram efeitos importantes no processo de desenvolvimento dos direitos humanos e suas liberdades básicas. O projeto mais abrangente dos direitos humanos podem certamente ser desenhado e apresentado ao mundo a partir dos ensinamentos sublimes do Alcorão e da tradição do Nobre Profeta (s.a.a.s). Este guia deu aos muçulmanos, ao longo da história, uma base legal para a forma e o método de relacionamento entre os seres humanos. O Islã e os muçulmanos de todo o mundo praticamente respeita os princípios e fundamentos dos direitos humanos e o demonstram de maneira concreta.

Outros só falam, enquanto o Islã atua. Eles falam de direitos humanos, mas atuam contra eles. O Islã respeita os direitos humanos e os atos executados em consequência, sem privar ninguém de seus direitos ou liberdades”.

Infelizmente o mundo fala em direitos humanos, mas não vemos nenhuma ação.[1]

Somente o Islã pode lançar as bases e agir de acordo com os direitos humanos. Imam Khomeini disse sobre isso: “Os direitos humanos só podem ser fundados pelo Islã cujos líderes são pessoas como 'Ali ibn Abi Talib (A.S). Eles não são como aqueles que exploram seres humanos e chamam isso de direitos humanos”. A religiosidade e o teísmo exigem o cumprimento dos direitos humanos e, principalmente, nas palavras do Imam Khomeini: “Um governo pode alegar que está protegendo os direitos humanos que se baseiam em crenças divinas e religiosas e se responsabiliza por uma grande potência”. É em virtude dessa questão que a Constituição da República Islâmica, que nada mais é do que a sistematização das ideias do Imam e da nação, como uma aliança nacional, reconheceu os direitos políticos dos cidadãos dentro de certos princípios.

 

[1] Sahifeh-ye Imam khomeini, vol. 14, pág. 348.

Plain text

  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <span> <blockquote> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <br> <hr> <h1> <h2> <h3> <h4> <h5> <h6> <i> <b> <img> <del> <center> <p> <color> <dd> <style> <font> <u> <quote> <strike> <caption>
  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.
  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente.
7 + 1 =
Solve this simple math problem and enter the result. E.g. for 1+3, enter 4.