A Mãe do Imam Mahdi

19:30 - 2022/03/10

Foi a grandiosa senhora Nârjas, que era neta do Imperador bizantino, Yoshaa, descendente de Chamoun (Simão Pedro), um dos discípulos de Jesus (A.S).esta senhora vivia em seu país, pertencente na ocasião ao Império bizantino do Oriente, juntamente com a sua família e a nobreza.

A Mãe do Imam Mahdi

Mas'udi é o primeiro historiador que escreveu sobre a mãe do Imam Mahdi (que Deus aparessa sua chegada). De acordo com seu relatório, a mãe do Imam Mahdi (as) era anteriormente uma princesa chamada Naryis que se fez passar por escrava para deixar sua cidade em um barco.

No entanto, em outras fontes, outros nomes foram mencionados para a mãe do Imam Mahdi (as), como Maryam Bint Zaid, Saiqal, Malika e Susan.  Sua nacionalidade A primeira narração sobre sua nacionalidade remota ao ano 286 da hegira (899 d.C.). Sheikh al-Saduq é o primeiro estudioso islâmico que falou sobre este assunto. De acordo com essa narrativa, Naryis era uma mulher cristã do Império Romano, que foi capturada pelos muçulmanos.

Foi narrado que quando Malika estava no palácio de seu avô, em um sonho ela viu Maria (as), a mãe de Jesus (as), e Lady Fátima (que a paz esteja com ela), filha do Profeta Muhammad (que a paz esteja com ele e sua famíliapurificada). Neste sonho, Lady Fátima (que a paz esteja com ela) convidou-a a abraçar o Islão e convenceu-a a deixar-se capturar pelos muçulmanos. No entanto, alguns historiadores consideram que ela não foi capturada em uma guerra, já que em 242 AH não havia grande conflito entre os abássidas e os romanos.

E disseram Sua Mãe: Foi a grandiosa senhora Nârjas, que era neta do Imperador bizantino, Yoshaa, descendente de Chamoun (Simão Pedro), um dos discípulos de Jesus (A.S).esta senhora vivia em seu país, pertencente na ocasião ao Império bizantino do Oriente, com a sua família e a nobreza. Ela tinha sempre sonhos premonitórios, dos quais num deles sonhou “com o predestinado do Islam, o Profeta Mohammad (que a paz esteja com ele e sua família purificada) e com o Messias (A.S), os quais a casavam com o Imam Al-Hassan Al-Ascari (que a paz esteja com ele).

Em outra noite, viu em seu sonho “Fátima Azzahra (que a paz esteja com ela), exortando-a para abraçar a doutrina islâmica, e ao concordar, Azzahra (A.S) a abençoou”. Contudo, a princesa Nârjas ocultou seu sonho e nada contou dele aos seus parentes, omitindo-lhes a sua adesão, até que se estenderam as lutas entre os muçulmanos e os bizantinos, comandados pelo avô dela, Yoshaa. 

E novamente Nârjas teve outro sonho, onde “ouviu uma voz ordenandolhe vestir-se como uma serviçal e se misturar com as serviçais do castelo, indo com as mesmas acompanhar os soldados até a fronteira dos combates”. Obedientemente, ela cumpriu a ordem recebida em sonho e foi até os campos da batalha, onde ficou prisioneira dos muçulmanos, os quais mandaram as caravanas dos cativos para Bagdá, antiga Capital do Califado Abássida.

Este fato ocorreu no tempo do ministério do Imam Ali Al-Hádi (que a paz esteja com ele), que se encontrava em Samarra, donde escreveu uma carta em latim e a remeteu por intermédio de um homem de sua confiança, orientando-o como deveria ir ao local onde se encontravam os prisioneiros de guerra e comprar determina jovem, que o Imam lhe descrevera depois de entregar em suas mãos a missiva. E assim foi, o homem comprou aquela grandiosa mulher, levando-a posteriormente para o Imam Al-Hádi (que a paz esteja com ele).

Ao chegar à residência do Imam (A.S), e, depois de um merecido descanso, no dia seguinte, o Imam mandou chamá-la para um diálogo entre ambos, quando ele começou a lembrá-la dos sonhos que ela tivera, anunciando-lhe de que será a esposa de seu filho, o Imam Al-Hassan Al-Ascari (que a paz esteja com ele) e mãe de seu neto, o Imam Mohammad Al-Mahdi (que a paz esteja com ele), o qual preencherá o mundo com a justiça, a paz e os direitos da humanidade toda.

Depois de sua palestra com a princesa Nârjas, o Imam Ali Al-Hádi (que a paz esteja com ele) levou a questão dela à sua irmã Hakima, uma das senhoras honoráveis da casa de “Ahlul Bait (que a paz esteja com eles)”, a fim de instruí-la e ensiná-la os preceitos legislativos do Islam e a cultura islâmica, e, algum tempo mais tarde, o Imam Al-Hádi (que a paz esteja com ele)uniu-a em matrimônio com seu filho Al-Hassan Al-Ascari (que a paz esteja com ele).

Plain text

  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <span> <blockquote> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <br> <hr> <h1> <h2> <h3> <h4> <h5> <h6> <i> <b> <img> <del> <center> <p> <color> <dd> <style> <font> <u> <quote> <strike> <caption>
  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.
  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente.
2 + 2 =
Solve this simple math problem and enter the result. E.g. for 1+3, enter 4.