Oração dos Fenômenos Naturais “Salát Al-Áyát”

23:30 - 2022/05/19

A oração Ayat (em árabe: صلاة الآيات) como "a oração dos fenômenos naturais", é uma oração obrigatória que deve ser realizada quando ocorrem certos fenômenos naturais.
A “Salát Al-Áyát”se torna obrigatória somente quando ocorrer o fato natural constatado no mesmo local onde aconteceu, ou seja, onde o devoto.A oração Ayat tem dois ciclos, cada um com 5 arcos (Ruku'). De acordo com as narracoeas, a filosofia desta oração é reconhecer que esses eventos são sinais do poder de Deus e da ordem exata do mundo natural.

Salát Al-Áyát”

Quando ocorrer o eclipse do sol ou da Lua, a “Salát AlÁyát” deverá ser feita no momento do fenômeno, caso contrário, poderá ser realizada como incumbência “Salát Al-Qadá” por ter sido feita depois da ocorrência do fato natural.

A “Salát Al-Áyát”se torna obrigatória somente quando ocorrer o fato natural constatado no mesmo local onde aconteceu, ou seja, onde o devoto estiver presente na hora do acontecimento.

Essa oração é obrigatória quando ocorrer algum eclipse do sol ou da lua, terremoto, trovoadas, raios, furacões, enfim, fenômenos que provoquem medo e temor.

Ela oração é composta de duas Genuflexões (Ruca’tain), sendo que cada uma delas tem cinco inclinações (Rucú) que se fazem do seguinte modo:

1. Dizer a Niyeh:“Nauaitu ân uçalli salát A Ayát qorbatan ila’Láh Taála”(Tenciono orar a oração dos fenômenos como incumbência para a aproximaçãode Deus Supremo).

Depois dizer:“Allahu Akbar”Em seguida recitar Al-Fatiha e Attauhid ou outra surata alcorânica.

Depois ir à inclinação (rucú) e proclamar:“Subhána Rabbi’I Azím ua Be Hamdeh”(Glorificado é meu Magnificente Senhor e em Seu louvor!).

Levantar e novamente recitar Al-Fátiha e Attauhid ou outra surata alcorânica e fazer a inclinação (Rucú) e dizer:“Subhána Rabbi’l ua Be Hamdeh”.

Levantar pela terceira vez e recitar Al-Fátiha e Attauhid, fazer a inclinação(Rucú) e dizer:“Subhána Rabbi’l Azím ua Be Hamdeh”

Levantar pela quarta vez e recitar Al-Fátiha e Attauhid, fazer a inclinação(Rucú) e dizer:“Subhána Rabbi’l Azím ua Be Hamdeh”

Levantar pela quinta vez e recitar Al-Fátiha e Attauhid, fazer a inclinação(Rucú) e dizer:“Subhána Rabbi’l Azím ua Be Hamdeh”

Depois ficar ereto e dizer:“Sameal Láh leman hamedah”(Deus ouve àquele que O glorifica)

Depois fazer as duas prostração (Sujúd) e levantar-se novamente para a segunda Genuflexão que se pratica da mesma forma da primeira Genuflexão, pronunciando a súplica (Qunut).

Em seguida, pronunciar o testemunho (Tachahud) e o cumprimento (Attasslim):“Ach-hadú ân lá iláha illal’Láh uahdahu, lá charíka lah. Ua achhaduanna Mohammadan abduhú ua rassúloh. Alláhumma Salle aláMohammad ua Ale Mohammad”

E em seguida:“Assalámu alaica ayyuhan’ Nabiy, ua rahmatul’Láh ua barakátoh.Assalámu alaina ua ala ibádil’Lah assálihín. Assalámu alaikom uarahmatul’Láhi ua barakátoh”.

Encerrando assim “Salát Al-Áyát”

Fonte: SHEIKH TALEB HUSSEIN AL-KHAZRAJI (A Oração no Islam)

#oração

Plain text

  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <span> <blockquote> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <br> <hr> <h1> <h2> <h3> <h4> <h5> <h6> <i> <b> <img> <del> <center> <p> <color> <dd> <style> <font> <u> <quote> <strike> <caption>
  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.
  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente.
Fill in the blank.