Alimentos limpos no Alcorã

16:30 - 2022/10/15

Toda religião e ritual tem critérios para a pureza dos alimentos.os versos do Alcorão Sagrado definiram alimentos proibidos e impuros para os seguidores do Islã. Mas como o propósito do Islã é deixar as pessoas confortáveis ​​e evitar o rigor desnecessário, há algumas coisas mencionadas no Alcorão que são muito significativas além dos tópicos de halal e haram.

Alimentos limpos no Alcorã

O que diz o Alcorão sagrado/ Alimentos limpos no Alcorã
Por exemplo, este versículo: "O mesmo Deus que proibiu certos alimentos, com Sua misericórdia especial, permitiu que fossem usados ​​em casos de necessidade". Mas essa permissão é limitada a certas condições que podem prejudicar as pessoas.
No livro "Tafsir nemuneh", afirma-se que foram apresentadas duas condições para que essas exceções não sejam usadas como desculpa para o consumo excessivo de alimentos proibidos. Em primeiro lugar, deve ser em situação de emergência e não com a intenção de prazer e, em segundo lugar, não deve exceder a quantidade necessária.

Preste atenção neste versículo:
"... Deus proibiu apenas (carne) carniça, sangue e carne de porco, e qualquer coisa que não seja o nome de Deus é invocado durante o abate (mas) aquele que é forçado (quando necessário para salvar sua vida) dele Se ele come, se não é opressor ou agressor, não há pecado nele, Deus é Indulgente e Misericordioso.
(Surat al-Baqarah/ 173)

Pode-se pensar que o propósito principal deste versículo é proibir certos alimentos, mas é interessante saber que no momento da revelação, este versículo considerava muitos alimentos que eram proibidos de serem consumidos durante o tempo da ignorância sem problemas.
Como lemos em "Tafsir Noor", levando em consideração que há mais de quatro alimentos proibidos mencionados neste versículo, então a palavra "Apenas" não significa que a proibição de comer se limite a esses itens, mas pelo contrário Sanções antes do Islã. Como na sociedade antes do advento de Profeta Muhammad (s.a.w.s), muitos alimentos eram proibidos, considerados permitidos com este versículo. Imam Sadegh (a.s) também disse para enfatizar o conteúdo deste versículo: "Se uma pessoa deliberadamente não come alimentos proibidos em uma emergência e morre, então o infiel está morto."

Outro ponto é que a regra de emergência (quando a vida está em perigo) não se aplica apenas aos comestíveis e, aconteca de qualquer forma, diluirá a lei. Assim como quando uma pessoa está doente e o médico ordena que o paciente descanse, a pessoa deve orar deitada.
As proibições divinas não são apenas para questões médicas e de saúde, como a proibição de carne morta e sangue, mas às vezes o motivo da proibição são questões religiosas, intelectuais e educacionais. Como a proibição da carne de um animal que não foi mencionado nome de deus durante abate dele, que é por causa da negação do politeísmo.
Como às vezes nos afastamos da comida preparada por uma pessoa por falta de higiene, mas às vezes nos afastamos por causa da objeção a el.
https://pt.iqna.ir/

Plain text

  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <span> <blockquote> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <br> <hr> <h1> <h2> <h3> <h4> <h5> <h6> <i> <b> <img> <del> <center> <p> <color> <dd> <style> <font> <u> <quote> <strike> <caption>
  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.
  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente.
10 + 1 =
Solve this simple math problem and enter the result. E.g. for 1+3, enter 4.