A Revolução Islâmica do Irã

08:44 - 2023/01/22

A diferença da Revolução do Irã foi sua natureza islâmica: sua espiritualidade; sua identidade religiosa, distinguindo-se de outras revoluções e movimentos do mundo.

A Revolução Islâmica do Irã

A Revolução Islâmica do Irã; Mais uma revolução?

Falar de revolução é mudar esquemas não só materiais, senão sobretudo espirituais, em 1979 se erigiu um novo estado contornando de maneira legítima os anquilosados sistemas políticos do Ocidente que tinham sido instaurados pelos governos cúmplices que ajudaram a explorar e enriquecer a grupo de pessoas entorne a um monarca que era um ditador; o Xá Reza Pahlavi.

A história narra como este "Monarca" governou de forma absolutista, espetando uma economia que tratava de socializar o dinheiro entre os mais necessitados, gastando o dinheiro do povo iraniano em cassinos e casas de jogo Europeias, frente a isso se erigiu um homem de bem, que foi (e é) guia e líder daquela sociedade que foi silenciada; o Imam Khomeini.

A Revolução Islâmica do Irã

Este foi um acontecimento inédito e surpreendente na história do século XX, verdadeiramente foi uma revolução, no sentido de que um movimento social e espiritual popular foi capaz de derrubar um regime estabelecido, ao contrário de tantos golpes militares que em nações subdesenvolvidas ou semi-desenvolvidas, tiveram um resultado semelhante, mas sem a participação das massas nem consequências tão profundas.

Por outro lado, foi a primeira ocasião em que o uso político do Islã xiita desempenhou um papel absolutamente primordial e ainda exclusivo, superando com muito o que poderia ter em outro tempo o pseudo-nacionalista dos países que haviam superado o colonialismo.

Assim, a Revolução Islâmica do Irã, desde os fundamentos ideológicos até os critérios teóricos, foi única e profunda. Desde uma cosmovisão revolucionária, os objetivos não se limitaram apenas às fronteiras geográficas do Irã e até mesmo à do Oriente Médio, mas foram mais de suas fronteiras.

Estes eram um arquétipo nos diferentes aspectos da vida pessoal e social da humanidade.

As características e anseios como a espiritualidade, a moral entre outros reviveram o pensamento islâmico, a democracia e a unidade tinham raízes nas doutrinas islâmicas assim como lutar contra o imperialismo, por isso o critério islâmico da Revolução do Irã originou que se estruture um novo sistema que teve dois eixos fundamentais: República e Islã, conceitos construídos com uma nova identidade.

O Imam Khomeini dizia, A revolução do Irã, teve aspectos totalmente islâmicos desde seu conteúdo interno até o externo, diferenciando-se das outras revoluções levadas a cabo no mundo para conseguir interesses materiais, muito pelo contrário a revolução do Irã teve objetivos mais elevados: CONSOLIDAR o ESTADO islâmico, com valores e princípios morais emanados do Sagrado Alcorão, os ensinamentos do Profeta Mohammad (s.a.a.s) e sua descendência Imaculada.

Hoje, a mais de quatro décadas, os muçulmanos xiitas recordam e admiram este processo de mudanças profundas a partir de que o Imam Khomeini enfatizou a realidade do Islã como uma religião completa e absoluta, deixando de lado o conceito conciso de "religião" consolidando um sistema de governo, um sistema político, uma administração judicial, um poder legislativo a partir de axiomas prescritos no Sagrado Alcorão, Este foi para ele um elemento vital desta revolução.

O aiatolá Khamenei, louvável sucessor do Imam e líder da Revolução Islâmica, sobre os critérios do Islã em relação ao estado disse: "o Islã nobre é o Islã da Justiça, dignidade, do apoio aos oprimidos e da defesa aos oprimidos, o Islã da Jihad ou luta com o inimigo, se opõe taxativamente a uma aproximação com os opressores e hipócritas, além do Islã da moralidade, virtude e espiritualidade.

Por isso, o Islã, que originou em seu caminho a Revolução Islâmica, e que tem chegado a ser uma potência atual, é uma corrente mundial absoluta e ampla que tem a capacidade de salvar os seres humanos de hoje. ”

Plain text

  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <span> <blockquote> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <br> <hr> <h1> <h2> <h3> <h4> <h5> <h6> <i> <b> <img> <del> <center> <p> <color> <dd> <style> <font> <u> <quote> <strike> <caption>
  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.
  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente.
3 + 4 =
Solve this simple math problem and enter the result. E.g. for 1+3, enter 4.