A religião Versus Inveja II

13:19 - 2023/03/14

Deus, o Onipotente, disse no Alcorão que, apesar do fato de que faz parte da natureza do homem amar e conseguir benefícios se pede a ele que obedeça às leis, a razão e que respeite o bem-estar social quando buscar atender sua natureza.

A religião Versus Inveja II

A religião Versus Inveja

Dr. Frank Hark também disse: “Protejam a si mesmos e a seus pensamentos do sofrimento dos sentimentos psicológicos, pois, se tratam de satãs do espírito que não se satisfazem em destruir o sistema mental
humano, mas também provocam o desenvolvimento de células envenenadas. Esses sentimentos causam males fatais ao organismo. Tais como enfermidades que retardam a circulação sanguínea, enfraquecem o sistema nervoso, inibem a atividade do corpo e do espírito, impedem que a pessoa alcance suas metas e realize suas esperanças na vida, e baixam o nível intelectual. O homem deve livrar seu ambiente de tais inimigos, pois, são mortais. Devem ser aprisionados e isolados da vida humana.

Aqueles que fizerem isso descobrirão que sua vontade se fortalecerá, e vencerão qualquer provável obstáculo na vida”. (Pirozi Fikr) Cita-se que Imam Ali (A.S.) tenha dito: “A inveja inibe o corpo”. (ghurar al hikam p.32)
Ele também menciona o malefício psicológico da inveja: “Guardai-vos da inveja, pois, ela zomba da alma”. (ghurar al hikam p.141)
De acordo com um psicólogo: “A intensa inveja é uma das enfermidades psicológicas agudas que causam muito sofrimento, erros irreparáveis, opressão e injustiça ao espírito. É preciso que se saiba que muitas ações não são voluntariamente cometidas, mas em obediência à inveja”. (Ravankavi)
Não devemos permitir que esperanças e desejos mesquinhos, que transformam a doçura da vida em amargura, ergam um obstáculo insuperável às metas nobres e à esperança de alcançar as mais sublimes e excelentes características humanas. Características que são capazes de orientar nossos pensamentos até a senda reta que, por sua vez, leva o homem às suas aspirações mais elevadas.

A religião Versus Inveja II

A religião Versus Inveja

O Imam Ali (A.S.) disse: “Rivalizem nas características desejáveis, esperanças elevadas e ideias sublimes; e a recompensa se tornará ainda maior”. (ghurar al hikam p.355)
Dr. Marden disse: “Se você concentrar seu pensamento no alcance de determinadas características, terminará por alcançá-las. As características naturais são filhas do pensamento natural. Portanto, se você tem esperança de viver em harmonia, felicidade e segurança, viverá desse modo. Se possui uma perspectiva sombria e vê tudo negativamente, pode salvar-se desse estado de debilidade em pouco tempo dirigindo seu pensamento para a atitude oposta pensando naquilo que requer ação, felicidade e bem-aventurança na vida. Vise as nobres características, as busque de modo resoluto, pois, é com a perseverança no desejo de adquiri-las que você preparará sua mente para aceitá-las por conseguinte, alcançá-las.

Não hesite em repetir sua intenção de alcançar seus objetivos. Deixe que sua intenção se torne visível em sua face e verá depois de algum tempo como seus pensamentos o atrairão magneticamente na direção de seus objetivos”. (Pirozi Fikr)
Dr. Mann explica melhor essa questão em seu livro: “Experimentamos e descobrimos que o pensamento sobre certa ação faz necessariamente a ação ocorrer. Por exemplo, se pensamos em cerrar os punhos, percebemos que os músculos em nossas mãos são ligeiramente flexionados e os nervos se preparam para a contração, o que é detectado pelos aparelhos (de pesquisa). Há algumas pessoas que são capazes de fazer seus cabelos eriçarem, as pupilas aumentarem ou contraírem, as veias das mãos se estreitarem somente imaginando que estão dentro de água gelada. Tudo isso é feito pela concentração”. (Usul-e Ravanshinasi)
Percebam os fatos que auxiliam nossa mente, vontade e inclinações. É o véu da cobiça que cega nossa mente e a perturba. Portanto, é dever do homem proteger o espelho de sua realidade. Deve também eliminar de sua alma as correntes do ódio que a pressionam, para que se liberte de seu sofrimento e de seus males. Ele então deve compensar sua alma com boa vontade em relação aos outros de acordo com as normas da condição humana.

Plain text

  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <span> <blockquote> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <br> <hr> <h1> <h2> <h3> <h4> <h5> <h6> <i> <b> <img> <del> <center> <p> <color> <dd> <style> <font> <u> <quote> <strike> <caption>
  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.
  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente.
19 + 1 =
Solve this simple math problem and enter the result. E.g. for 1+3, enter 4.