As-Sahifatu-As Sajjadíya Súplica Número XVIII

13:34 - 2023/05/02

-“AS-Sahifatu- As Sjjadíya” é uma joia literária que expressa todos aqueles momentos em que o servo precisa encontrar Deus e transmitir suas necessidades, fraquezas, desejos, sentimentos, e transmitir o que está dentro de seu ser, para que, através da súplica, possa de alguma forma se levantar e se encontrar com Deus.

As-Sahifatu-As Sajjadíya Súplica Número XVIII

As-Sahifatu-As Sajjadíya Súplica Número XVIII

As-Sahifatu- As Sajjadíya (Súplicas) Do Imam 'Alí Ibn Al Hussain As-Sajjad (A.S.)

Súplica Número XVIII

Sua Súplica: quando pensa no demônio, refugiando-se em Deus contra ele, sua inimizade e suas más ações.

01 - Ó Deus, peço refúgio em Ti da incitação do demônio, o maldito e o rejeitado, de sua astúcia e de seus espreites. Peço refúgio em Ti contra o confiarmos em suas falsas promessas, seus enganos e armadilhas. Peço refúgio em Ti daquele que almeja desviar-nos de Tua obediência e humilhar-nos por meio de Tua desobediência; ou que tenta embelezar o feio perante nós, ou que nos mostre como detestável o que não é.

02 - Ó Deus, afasta-o com humilhação de nós através de Tua adoração, derruba-o através do esforço no caminho de Teu amor e estabelece entre nós e ele uma barreira que não possa romper e um muro forte que não possa derrubar.

03 - Ó Deus, abençoa a Mohammad e a sua família, e afasta o demônio de nós, ocupando-o com alguns de Teus inimigos; preserva-nos dele através de Tua dedicação; repele seu engano de nós; faça-o fugir de nossa presença e evita sua presença ao nosso redor.

04 - Ó Deus, abençoa a Mohammad e a sua família, e faz que desfrutemos da boa orientação tal como o demônio sofre de seu extravio permanentemente. Conceda-nos a piedade contra o seu desvio e encaminha-nos pelo caminho da devoção ao contrário do caminho de aniquilação e degradação.

05 - Ó Deus, não lhe permitas a entrada em nosso coração nem lhe faça um assentamento em nossa vida.

06 - Ó Deus, faz nos conhecer as falsidades que ele exibe como boas e belas, e depois de dar-nos a conhecer, protege-nos delas. Faz-nos perceber as formas de enganá-lo e inspira-nos o necessário para combatê-lo. Mantém-nos despertos da inatividade que surge por confiarmos nele e inclinar-nos a ele. Melhora com Teu êxito a ajuda que nos brindastes contra ele.

07 - Ó Deus, faz que nossos corações fiquem cheios da negação de suas obras e concede-nos como favor o poder de romper seu engano.

08 - Ó Deus, abençoa a Mohammad e a sua família, desvia o poder do demônio sobre nós, desativando sua esperança com respeito a nós e recusa sua cobiça sobre nós.

09 - Ó Deus, abençoa a Mohammad e a sua família, põe a salvo os nossos pais, mães, filhos, parentes, familiares e vizinhos, os crentes e as crentes de sua malícia, com uma forte proteção, numa fortaleza inexpugnável e num refúgio seguro, recusando sua maldade. Veste-os com couraças que lhes protejam e conceda-lhes afiadas armas para combatê-lo.

10 - Ó Deus, estende meu rogo sobre qualquer pessoa que tenha testemunhado a Tua Divindade e tenha sido sincero a respeito de Tua Unicidade, que se tenha inimizado com ele através da autêntica submissão e que peça Tua ajuda contra ele através do conhecimento das ciências educativas de Tua Divindade.

11 - Ó Deus, desamarra o que tenha atado, descosture o que tenha remendado, derrote o que ele tenha organizado; detenha-o no que tenha empreendido; desfaz o que tenha disposto; destrói o que tenha decidido.

12 - Ó Deus, destrua seu exército, invalida sua manobra, derruba seu refúgio e humilhe seu orgulho.

13 - Ó Deus, estabelece-nos na fila dos inimigos dele, e aparta-nos do time dos amigos dele, para que não lhe obedeçamos quando nos engane, nem lhe respondamos quando nos convoque. Faz que ordenemos a inimizade com ele a quem obedece nossas ordens, e que advirtamos de seu seguimento a quem acata nossas proibições.

14 - Ó Deus, abençoa a Mohammad e sua família, O Selo dos profetas, o mestre dos mensageiros, e a sua linhagem pura e purificada, e protege-nos com nossas famílias, nossos irmãos e a todos os crentes e as crentes contra tudo aquilo para o qual pedimos Teu refúgio, anteriormente. Socorre-nos de tudo aquilo do qual solicitamos Teu socorro por nosso temor a ele. Atende a tudo o que pedimos e brinda-nos tudo quanto estamos desatentos em nosso rogo. Guarda para nós tudo quanto esquecemos. E translada-nos com isto aos graus dos bondosos e às hierarquias dos crentes. Amén, Ó Senhor do Universo.

Ali Ibn Hussain Ibn Ali Ibn Abi Talib conhecido como Imam Sajjad e Zain al-Abidin é o quarto Imam infalível (que a paz esteja com ele).

As-Sahifatu-As Sajjadíya Súplica Número XVIII

As-Sahifatu-As Sajjadíya Súplica Número XVIII

Clique aqui para baixar o livro completo: https://btid.org/pt/book/239460

 

Plain text

  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <span> <blockquote> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <br> <hr> <h1> <h2> <h3> <h4> <h5> <h6> <i> <b> <img> <del> <center> <p> <color> <dd> <style> <font> <u> <quote> <strike> <caption>
  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.
  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente.
17 + 2 =
Solve this simple math problem and enter the result. E.g. for 1+3, enter 4.