"O Casamento como Salvação

10:16 - 2024/06/08

Qual é a origem do casamento?A Importância da Intercessão para o Casamento" / O Casamento como Teste de Fé/ Quatro Momentos de Abundância /"O Casamento como Salvação:


 

Casamento como Salvação

O Profeta de Deus, Profeta Muhammad (que a paz de Deus estejam sobre ele e sua família purificada) disse Quando um homem se casa, ele preservou metade de sua religião.[1]
Essa frase indica que o casamento é considerado uma parte fundamental da prática religiosa para os homens. Ao se casar, um homem está assumindo uma série de responsabilidades que são essenciais para a sua vida religiosa e moral. Essas responsabilidades incluem, entre outras coisas, a manutenção de um relacionamento respeitoso e amoroso com sua esposa, o apoio à sua família, a criação e a educação dos filhos de acordo com os ensinamentos religiosos, e o cumprimento de deveres religiosos relacionados ao casamento, como a modéstia, a fidelidade e a justiça. Portanto, ao se casar e cumprir essas responsabilidades de forma adequada, um homem está considerado ter alcançado uma parte significativa de sua prática religiosa, representando aproximadamente metade dela, de acordo com a expressão.

O Casamento como Teste de Fé
O Imam Al-Sadiq, que a paz esteja sobre ele, disse: "Quem deixa de se casar por medo da pobreza está tendo uma má opinião de Deus, [2]o Altíssimo. Certamente, Deus, o Altíssimo, diz: 'Se eles forem pobres, Deus os enriquecerá com Sua graça.'"
Esse ditado do Imam Al-Sadiq enfatiza a ideia de que o casamento é uma oportunidade para exercitar a fé em Deus. O temer o casamento devido à preocupação com a pobreza é ter uma visão negativa da generosidade de Deus.

Imagine que alguém está com medo de se casar porque está preocupado com questões financeiras. O ditado do Imam Al-Sadiq nos lembra que Deus promete cuidar dos fiéis, mesmo em tempos de dificuldade. Então, se uma pessoa se casa confiando em Deus, Ele pode abençoá-la com riquezas através de Sua graça.

Em resumo, o ditado nos encoraja a confiar na providência divina e não deixar que o medo da pobreza nos impeça de buscar o casamento. É um lembrete de que a fé pode ser testada e fortalecida através das experiências da vida, incluindo o casamento.

Quatro Momentos de Abundância
O Profeta de Deus, Profeta Muhammad (que a paz de Deus estejam sobre ele e sua família purificada) disse:"As portas da misericórdia celestial se abrem em quatro momentos: 1 - Quando chove. 2 - Quando a criança olha para o rosto de seus pais. 3 - Quando a Kaaba é aberta. 4 - Quando a cerimônia de casamento é realizada.[3]"
Esse ditado do Profeta Mohammad destaca quatro momentos especiais em que a misericórdia divina é especialmente acessível. Vamos entender cada um deles de forma simples:

A. Quando chove: A chuva é uma bênção de Deus que traz vida à terra, alimentando as plantas e fornecendo água para as pessoas e animais. É um lembrete da generosidade de Deus e Sua provisão para a criação.

B. Quando a criança olha para o rosto dos pais:
 Esse momento especial reflete o amor e o respeito entre pais e filhos, que são valores fundamentais no Islamismo. A relação entre pais e filhos é valorizada e é um ato de misericórdia divina quando uma criança olha com carinho para seus pais.

C. Quando a porta da Kaaba é aberta:
A abertura da porta da Kaaba é um momento de grande importância espiritual para os muçulmanos, pois simboliza acesso à casa sagrada de Deus e é um lembrete da presença divina na vida dos fiéis. É um momento de invocação de misericórdia e bênçãos de Deus, e muitos creem que suas súplicas feitas neste momento são especialmente propícias para serem atendidas.

D. Quando a cerimônia de casamento é realizada: O casamento é uma instituição sagrada no Islã, unindo duas pessoas em amor e compromisso mútuo. É um momento de alegria e bênção, onde a misericórdia de Deus é invocada para abençoar a união do casal.

Em resumo, esses quatro momentos são considerados especiais no Islã, pois representam momentos de proximidade com a misericórdia divina, conexão familiar e celebração da fé. Eles nos lembram da presença constante e do cuidado de Deus em nossas vidas.
 

"O Casamento como Salvação:
O Profeta de Deus, Profeta Muhammad (que a paz de Deus estejam sobre ele e sua família purificada) disse: "A maioria dos habitantes do Inferno são os solteiros.[4]"
O casamento é considerado uma proteção contra tentações e pecados, pois os cônjuges podem se ajudar mutuamente a evitar comportamentos prejudiciais e a se manterem no caminho certo. A falta desse apoio mútuo pode tornar mais difícil resistir às tentações e manter um comportamento moralmente correto.
É importante ressaltar que o objetivo do Islã não é estigmatizar os solteiros, mas sim enfatizar a importância do casamento como uma instituição que oferece apoio mútuo, proteção espiritual e crescimento moral. Cada pessoa tem seu próprio caminho espiritual e responsabilidades individuais perante Deus, independentemente do estado civil.

A Importância da Intercessão para o Casamento"
O Imam Ali (que a paz esteja com ele) disse: "A melhor forma de intercessão é interceder entre duas pessoas no assunto do casamento, para que Deus as una."[5]

O que o Imam Ali (que a paz esteja com ele) está dizendo é que a intercessão, ou seja, a intervenção de alguém para ajudar duas pessoas a se casarem, é muito valiosa. No Islamismo, ajudar duas pessoas a se casarem é visto como algo muito especial e abençoado.

O Imam Sadegh (que a paz esteja com ele)  está destacando quatro tipos de ações que são altamente valorizadas aos olhos de Deus no Dia do Juízo Final e aqueles que praticam essas ações serão recompensados e favorecidos por Deus no Dia do Juízo Final.

Uma deles é facilitar o casamento dos solteiros,Aqueles que facilitam o casamento de pessoas solteiras são considerados favoravelmente por Deus.

 

[1] . Mustadrak Al-Wasa’il, vol. 14, p. 154

[2] . Min Layahdhuruh al-Faqih, vol. 3, p. 251

[3] . Bihar Al-Anwar, vol. 103, p. 221

[4] . Min Layahdhuruh al-Faqih, vol. 3, p. 251

[5] . Tahdheeb, vol. 7, p. 405; Wasael Al-Shia, vol. 20, p. 45

Plain text

  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <span> <blockquote> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <br> <hr> <h1> <h2> <h3> <h4> <h5> <h6> <i> <b> <img> <del> <center> <p> <color> <dd> <style> <font> <u> <quote> <strike> <caption>
  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.
  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente.
16 + 4 =
Solve this simple math problem and enter the result. E.g. for 1+3, enter 4.