Rituais para Eid al-Adha

18:12 - 2024/06/17

A oração do Eid: esta oração é obrigatória (Wâjib) no momento da presença do Imam Infalível (a.s); mas de acordo com a visão dominante dos estudiosos xiitas, durante o período da Ocultação do Imam al-Mahdi (a.J), é apenas fortemente recomendado (Mustahab) – e não obrigatório (Wâjib) – e pode ser realizado individualmente ou coletivamente.

Rituais para Eid al-Adha

Rituais para Eid al-Adha

O dia de Eid al-Adha é um dia respeitado e virtuoso. Alguns dos rituais e práticas recomendados para este dia são:

Ghusl (grande ablução ritual): segundo al-Majlisî, fazer Ghusl para Eid al-Adha é fortemente recomendado (Mustahab), a tal ponto que alguns ulemás o consideraram obrigatório (wâjib).

A oração do Eid: esta oração é obrigatória (Wâjib) no momento da presença do Imam Infalível (a.s); mas de acordo com a visão dominante dos estudiosos xiitas, durante o período da Ocultação do Imam al-Mahdi (a.J), é apenas fortemente recomendado (Mustahab) – e não obrigatório (Wâjib) – e pode ser realizado individualmente ou coletivamente.

Recomenda-se recitar certas invocações prescritas, antes do início da oração do Eid. A melhor entre estas invocações é a quadragésima oitava invocação de as-Sahîfa as-Sajjâdîyya que começa com:

 “Ó Deus, este é um dia abençoado e feliz”

Também é aconselhável recitar no dia de Eid al-Adha a quadragésima sexta invocação do mesmo livro.

Du'â' an-Nudba: recomenda-se recitar a invocação de an-Nudba neste dia, como em outras festas islâmicas.

Oferecer um sacrifício neste dia é obrigatório para aqueles que participam do Hajj; também é fortemente recomendado para todos os muçulmanos em al-Adha, a ponto de alguns estudiosos considerá-lo obrigatório para aqueles que podem pagar. [1]
Também é recomendado no dia de Eid al-Adha que uma pequena porção da carne sacrificada seja comida após a oração do Eid.
Também é recomendado no dia de Eid al-Adha recitar esta invocação, relatada pelo Imam as-Sadiq (que a paz esteja com ele), enquanto oferece o sacrifício: “Viro meu rosto, como um verdadeiro crente, para Aquele que criou os céus e a terra. Não estou entre os politeístas, a minha oração, as minhas práticas religiosas, a minha vida e a minha morte pertencem a Deus, o Mestre dos mundos, Ele não tem parceiros, Isto é o que me foi ordenado, e eu sou um dos muçulmanos . Ó Allah, é de Ti e Teu, em nome de Allah e Allah é o Maior. Ó Allah, aceite isso de mim. »

É relatado em um hadith do Imam as-Sadiq (que a paz esteja com ele) que ele disse: Imam as-Sajjâd (que a paz esteja com ele) e Imam al-Baqir (que a paz esteja com ele) dividiram a carne do sacrifício em três partes: eles deram uma parte aos vizinhos , outra parte para os necessitados e guardavam a terça parte para os membros da casa.[2]

Os famosos Takbirs deste no dia de Eid al-Adha que devem ser recitados:

Aqueles que estão presentes no deserto de Mina neste dia, devem recitar estes Takbirs após 15 orações diárias, começando pela oração do meio-dia do dia de Eid até a oração da madrugada de 13 de Dhu al-Hijja.

Porém, aqueles que não estiverem presentes no deserto de Mina, no dia do Eid, devem recitar Takbirs após dez orações diárias, começando pela oração do meio-dia do dia do Eid, até a oração do amanhecer de 12 Dhu al-Hijja. De acordo com o relatório de al-Kâfî, estes Takbîrs são os seguintes:
“Allah é o Maior, Allah é o Maior, não há deus senão Allah e Allah é o Maior, louvado seja Allah, Allah é o Maior porque Ele nos guiou, Allah é o Maior porque Ele nos deu a comida do gado , louvado seja Allah porque Ele nos testou.[3]

Recitação do Zîyârat do Imam al-Husayn (que a paz esteja com ele).

Proibição do jejum no Eid al-Adha

Tal como no Eid al-Fitr, é proibido (Harâm) jejuar durante o dia do Eid al-Adha.
Os segredos do sacrifício são mencionados:

Uma das sabedorias do sacrifício é o alimento para os pobres e necessitados. O Mensageiro de Allah (S) trouxe cem camelos para sacrificar em Hajat al-Wadâ'. Declarou que a sabedoria do sacrifício é ajudar os pobres e deixá-los comer muito e disse: Então, alimente-os com carne.

O objetivo do sacrifício é a lembrança de Deus e a lembrança de todas as bênçãos, incluindo o gado halâl, e o sacrifício será halâl pela lembrança de Deus.

Eid al-Adha em países muçulmanos

Eid al-Adha é um dos feriados do calendário islâmico. Na maioria dos países muçulmanos, o dia do Eid e às vezes os dias seguintes até uma semana são feriados e várias cerimônias públicas são organizadas para celebrar este Eid.

 

[1] . 'Allâma al-Majlisî, pp. 427-428.

[2] , Sayyid b. Tâwûs, p. 451

[3] . Kulaynî, al-Kâfî, vol. IV, p. 517.

Plain text

  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <span> <blockquote> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <br> <hr> <h1> <h2> <h3> <h4> <h5> <h6> <i> <b> <img> <del> <center> <p> <color> <dd> <style> <font> <u> <quote> <strike> <caption>
  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.
  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente.
5 + 15 =
Solve this simple math problem and enter the result. E.g. for 1+3, enter 4.