Algumas páginas de vida do imam Baqir a.s

16:26 - 2024/06/13

Sulaiman bin Qurm, um dos seguidores do Imam Báquer(que a paz esteja com ele), falou sobre a generosidade e bondade do Imam. Ele observou que o Imam nunca se cansava de ser gentil e generoso com seus irmãos, ou seja, com outras pessoas, independentemente de quem fossem. Isso incluía aqueles que buscavam sua orientação, aqueles que depositavam esperança nele e esperavam receber bondade e ajuda.
 

o Imam Báquer

Imam Baqir, cujo nome completo é Muhammad ibn Ali al-Baqir, (que a paz esteja com ele), sucedendo seu pai, Zayn al-Abidin(que a paz esteja com ele), e sucedido por seu filho, Ja’far al-Sadiq. Ele é conhecido como “o que abre o conhecimento” e nasceu em 677 e faleceu em 7331. Imam Baqir também é reconhecido por ser descendente direto do Profeta Muhammad, sendo neto de Hasan ibn Ali e Husayn ibn Ali2
O Imam Mohammad “Al-Báquer” (que a paz esteja com ele) nasceu na cidade de Medina, no de 57 da Hijra, correspondente ao ano de 676 d.C. Cresceu e se desenvolveu sob amparo de seu avô paterno, o Imam Al-Hussein durante três anos. Aos quatro anos de idade, acompanhou seu pai, Ali Ibn Al-Hussein, quando ocorreu a batalha de Karbalá, no ano 61 da Hijra.

Seu pai foi o Imam Ali Ibn Al-Hussein “Assajád”, isto é, “O Genuflecto”; sua mãe foi Fátima Bent Al-Hassan; seu avô paterno foi Ali Ibn Abu Táleb; sua avó paterna foi Fátima “Azzahrá” Bent Mohammad.

O Imam Mohammad que a paz esteja com ele , foi o primeiro Hachemita, isto é, membro da família de Bani Hashem (a família do Profeta), nascido de pais Hachemitas pela união dos filhos do Imám Al-Hassan e Al-Hussein.

-A Oração do Imam BáquerAntes de Viajar
Quando o Imam Baqir (que a paz esteja com ele), que a paz esteja com ele, pretendia viajar, ele reunia sua família em uma casa e então dizia: Ó Deus, esta manhã eu confio a Ti minha alma, meu dinheiro, minha família e meus filhos, estejam eles presentes ou ausentes. Ó Deus, protege-nos e preserva-nos, ó Deus, coloca-nos ao Teu lado, ó Deus, não nos priva das Tuas bênçãos e não altera o favor e a graça que nos concedeste.[1]"

-Dez Recitação do Alcorão Durante o Ramadã
Relata-se que o Imam Baqir (que a paz esteja com ele) completava a recitação do Alcorão dez vezes durante o mês de Ramadã, completando uma recitação a cada três dias.[2]

-O Comportamento do Imam Báquer ao Ver Alguém Aflito

Quando o Imam Baqir (que a paz esteja com ele) via alguém aflito, ele ocultamente buscava refúgio em Deus. [3]
Saúde é uma bênção, e se alguém vê alguém doente ou aflito, é importante agradecer pela bênção da saúde e bem-estar, ao mesmo tempo em que recorre silenciosamente a Deus para proteger os outros de aflições e dificuldades, de modo que a pessoa doente não ouça ou se sinta perturbada.

- "Ensinar pelo Exemplo: O Silêncio do Imam Báquer em Face da Falta de Respeito"
Abdullah bin Maskan conta: Ouvi do Imam Baqir (que a paz esteja com ele) que ele disse: Meu pai olhou para um homem cujo filho estava com ele e que estava apoiado no braço do pai (como maneira falta de respeito e falta da educação). Enquanto meu pai estava vivo, não falava com ele por causa da grosseria do filho. (porque esse filho tratou desrespeitoso com seu pai).

A Prática Devota do Imam Baqir em Face da Alegria"
"Sempre que ele(o Imam Baqir (que a paz esteja com ele) sorria, dizia: 'Ó Deus, não me odeie.'"[4]
Esses relatos indicam que o Imam Báquer(que a paz esteja com ele) tinha o hábito de fazer uma súplica a Deus toda vez que sorria. Ele pedia a Deus para não se tornar um inimigo ou para não odiá-lo. Isso demonstra a preocupação do Imam Baqir (que a paz esteja com ele) em manter uma conduta piedosa e agradável aos olhos de Deus, mesmo em momentos de alegria.


"A Perene Generosidade do Imam Báquer : Um Exemplo a Ser Seguido"
Sulaiman bin Qurm, um dos companheiros do Imam Báquer(que a paz esteja com ele), falou sobre a grande generosidade do Imam. Ele dizia que o Imam nunca se cansava de ser bondoso com seus irmãos, aqueles que vinham até ele, aqueles que depositavam esperança nele e esperavam gentileza.[5]
Sulaiman bin Qurm, um dos seguidores do Imam Báquer(que a paz esteja com ele), falou sobre a generosidade e bondade do Imam. Ele observou que o Imam nunca se cansava de ser gentil e generoso com seus irmãos, ou seja, com outras pessoas, independentemente de quem fossem. Isso incluía aqueles que buscavam sua orientação, aqueles que depositavam esperança nele e esperavam receber bondade e ajuda.
Salma, a serva de Abu Ja'far (um dos nomes do Imam), disse: "Seus irmãos costumavam visitá-lo, mas não saíam até que ele (o Imam Baqir (que a paz esteja com ele)) os alimentasse com boa comida, os vestisse com boas roupas e lhes desse presentes em dinheiro. Eu costumava pedir a ele que diminuísse isso, mas ele respondia: 'Ó Salma, não há nada de bom neste mundo além dos laços entre irmãos e amigos.'"[6]
Em resumo, o Imam Báquer(que a paz esteja com ele) estava sempre disposto a ajudar e ser gentil com os outros, sem se cansar disso.

Ele (Al-Baqir , que a paz esteja com ele) não era ouvido de sua casa dizendo: "Ó pobre, que Deus te abençoe" ou "Ó pobre, pegue isso". Ele costumava dizer: Chame-os pelos seus melhores nomes.[7]
Este hadith nos fala sobre a gentileza e a etiqueta que o Imam Baqir (que a paz esteja com ele) demonstrava ao lidar com aqueles que pediam algo.Em vez de usar expressões comuns ou simplesmente dispensá-los, ele os tratava com respeito e dignidade, chamando-os pelos seus melhores nomes.

Ele não costumava simplesmente dispensá-los ou ignorá-los. Em vez disso, ele os tratava com respeito, usando suas melhores palavras e evitando frases que pudessem parecer rudes ou desagradáveis.
 

 

[1] . Wasa'il Al-Shi'a, vol. 8, p 276, n2.

[2] . Wasa'il Al-Shi'a, vol. 7, p 219, n3.

[3] . Kashf al-Ghama, vol. 2, p. 363.

[5] . Bihar al-Anwar, vol. 46, p. 288.

[6] .Bihar al-Anwar, vol. 46, p. 290, n 15.

[7] . Kashf Al-Ghumma, vol. 2, p. 363.

Plain text

  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <span> <blockquote> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <br> <hr> <h1> <h2> <h3> <h4> <h5> <h6> <i> <b> <img> <del> <center> <p> <color> <dd> <style> <font> <u> <quote> <strike> <caption>
  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.
  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente.
2 + 1 =
Solve this simple math problem and enter the result. E.g. for 1+3, enter 4.