A generosidade do Imam Ali para com os pobres

08:31 - 2023/01/25

- Imam Ali (A.S) era a pessoa mais generosa. Ele tinha a conduta que agradava a Deus, o Altíssimo, ou seja, a generosidade e a liberalidade. Ele nunca disse não para qualquer pedinte. Aí são só alguns aspectos da generosidade do Imam Ali (A.S.), que ele distribuía entre pobres e necessitados.

A generosidade do Imam Ali para com os pobres

A generosidade do Imam Ali para com os pobres

Dentre os aspectos de sua generosidade está a sua divisão da casa do tesouro de Basra entre seu exército, concedendo a cada um deles quinhentas moedas de ouro, cabendo-lhe também a mesma quantia. Uma pessoa que não tinha presenciado o ocorrido, disse-lhe: “Meu coração estava consigo, mesmo que o meu corpo não tenha presenciado. Portanto, conceda-me algo dos espólios”. O Príncipe lhe deu o que havia deixado para si e ficou sem nada.[1]

Outro aspecto de sua liberalidade é o que Mu'alla Ibn Khunaiss relatou a respeito do Imam Assadeq (A.S.): “Áli (A.S.) foi até o refúgio da tribo Bani Sá'ida. Tinha chovido e ele estava carregando um saco de pão. Ao passar por algumas pessoas que estavam dormindo, e eram pobres, ele começou a introduzir debaixo do colchão deles um ou dois pães, e não deixou ninguém sem nada. Então, foi embora.”[2]

O Imam saiu, uma vez, carregando um odre nas costas e tendo um prato na mão. Ele dizia: “Ó Deus, Protetor dos féis, o Senhor dos féis, e Socorredor dos crentes, aceita as minhas ofertas dessa noite. Quando anoiteceu, eu só tinha o que há no meu prato e que não me satisfaz. Tu sabes que o vedei a mim mesmo apesar da forte fome, e devido à minha procura de aproximar-me de Ti como prêmio. Ó Deus, não me decepcione e não rejeite a minha prece”. Então, começou a dar de comer aos pobres.[3]

                                                    Generosidade de Imam Ali 

                                                                                                                    Generosidade de Imam Ali

A generosidade do Imam Ali para com os pobres

O Imam (A.S.) tinha quatro moedas de prata. À noite ele deu uma em caridade, a outra durante o dia, a terceira às ocultas e a quarta às claras. Por isso, foi revelado o versículo: “Aqueles que gastam dos seus bens, tanto de dia como à noite, quer secreta, quer abertamente, obterão a sua recompensa no Senhor e não serão presas do temor, nem se angustiarão.”[4]

Uma pessoa pobre, da época do Profeta (S.A.A.S.), morava num local apertado, ao lado de um pomar pertencente a uma pessoa rica. O pomar tinha tamareiras e alguns ramos caiam na casa do pobre. O dono do pomar tomava as tâmaras da boca das crianças. O pobre foi se queixar ao Profeta (S.A.A.S.).
Este (S.A.A.S.) enviou um emissário para comprar o pomar, recebendo em troca um pomar no Paraíso. O rico recusou, dizendo: “Não troco o imediato com o distante”, e não atendeu ao pedido. O Profeta (S.A.A.S.) informou a Áli daquilo. Ele foi até o homem e lhe ofereceu uma troca por um pomar que Áli possuía. O homem aceitou. O Imam fez a troca e deu o pomar ao pobre.[5]

 

[1] Livro Charh Nahjul al-Balagha. V. 1 – P. 205

[2] Livro Al Manáquib. V. 4 – P. 349

[3] Livro Bihar Al Anwar. V. 41 – P. 29

[4] Livro Kachf Al Ghumma: 1/50. Alcorão Sagrado, Surata al-Baqara (C. 2) Versículo 274

[5] Livro Tafsir Furata. P. 213

Plain text

  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <span> <blockquote> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <br> <hr> <h1> <h2> <h3> <h4> <h5> <h6> <i> <b> <img> <del> <center> <p> <color> <dd> <style> <font> <u> <quote> <strike> <caption>
  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.
  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente.
1 + 5 =
Solve this simple math problem and enter the result. E.g. for 1+3, enter 4.