Gabriel é o Espírito Fiel

13:14 - 2023/04/10

- De acordo com a explicação alguns autores, o profeta se referiu à sua própria alma como “O Espírito fiel” ou o comunicador da revelação. O Alcorão, porém, não apoia essa opinião e cita nomeadamente Gabriel como o comunicador dos versículos.

Gabriel é o Espírito Fiel

Gabriel é o Espírito Fiel

Deus diz no capítulo 2, versículo 97: “Dize (ó Mohammad): Quem for inimigo de Arcanjo Gabriel, saiba que ele, com o beneplácito de Deus, impregnou-te (o Alcorão) no coração”. Este versículo se dirige aos judeus que queriam saber quem tinha revelado o Alcorão ao Profeta. Ele respondeu que tinha sido Gabriel. Então disseram, “somos inimigos de Arcanjo Gabriel já que ele foi quem nos entregou as leis e as punições legais. E como somos seus inimigos, não acreditamos no livro que ele trouxe”.

Portanto, Deus responde a eles no versículo que Arcanjo Gabriel revelou o Alcorão ao Profeta com a permissão de Deus. E diz ainda que se deve acreditar no Alcorão, e que não é palavra de Arcanjo Gabriel. É importante notar que o Alcorão, nas palavras do versículo acima, foi revelado “ao coração” do Profeta Mohammad por Arcanjo Gabriel.

Em outro versículo (C.26 - V.193) lemos que o Livro foi transmitido pelo Espírito Fiel: “Com ele desceu o Espírito Fiel, para o teu coração”. Ao se examinar esses versículos fica evidente que é o Anjo Gabriel que se quer dizer com os termos, “Espírito Fiel”.

No capítulo 81, versículos 19 a 23, Deus descreve a transmissão da revelação: “Que (este Alcorão) é a palavra de um honorável mensageiro. Forte, digníssimo, ante o Senhor do Trono. Que deve ser obedecido e no qual se deve confiar. E o vosso companheiro não é um energúmeno! Ele o viu (Gabriel) no claro horizonte”.

Os versículos demonstram que Arcanjo Gabriel é um dos mais próximos de Deus, possuindo grande poder e merecedor de confiança. E ainda, no capítulo 40, versículo 7, lemos: “Os (anjos) que carregam o Trono de Deus e aqueles que o circundam, celebram os louvores de seu Senhor; creem Nele e imploram o perdão para os fiéis...”

Características como a crença em Deus e o sentimento de busca do perdão de Deus se esperam somente de criaturas sensíveis e distintas. No capítulo 4 versículos 172 e 173, lemos: “O Messias não desdenha ser um servo de Deus, assim como também os anjos próximos (de Deus). Mas, aqueles que desdenharem a Sua adoração e se encherem de soberba, Ele congregará a todos ante Si”.

É óbvio que, embora o Messias Jesus e os anjos favorecidos não desobedeçam às ordens de Deus, são alertados de uma punição dolorosa no dia do acerto de contas caso venham a pecar. A possibilidade de negligenciarem a seus deveres ou de cometerem uma má ação é necessariamente dependente de sua condição sensível, possuidores de livre-arbítrio e encarregados da transmissão da Revelação Divina.

Portanto, aprendemos com o Alcorão que Arcanjo Gabriel é o Espírito Fiel: ele é digno de confiança e deve ser obedecido, pois é obedecido pelos anjos em sua tarefa. Uma indicação desses anjos obedientes surge nos seguintes versículos: “Qual! Em verdade (o Alcorão) é uma mensagem de advertência. Quem quiser, pois, que fique atento. (Está registrado) em páginas honoráveis, exaltadas, purificadas, por mãos de escribas nobres e retos”. (C.80 - V.11 a 16)

Também vejam: O Alcorão, a Revelação Divina Gabriel é o Espírito Fiel

Plain text

  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <span> <blockquote> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <br> <hr> <h1> <h2> <h3> <h4> <h5> <h6> <i> <b> <img> <del> <center> <p> <color> <dd> <style> <font> <u> <quote> <strike> <caption>
  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.
  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente.
10 + 3 =
Solve this simple math problem and enter the result. E.g. for 1+3, enter 4.