As-Sahifatu-As Sajjadíya Súplica Número XLVIII parte 9

13:27 - 2023/06/06

-“AS-Sahifatu- As Sjjadíya” é uma joia literária que expressa todos aqueles momentos em que o servo precisa encontrar Deus e transmitir suas necessidades, fraquezas, desejos, sentimentos, e transmitir o que está dentro de seu ser, para que, através da súplica, possa de alguma forma se levantar e se encontrar com Deus.

As-Sahifatu-As Sajjadíya Súplica Número XLVIII parte 9

As-Sahifatu-As Sajjadíya Súplica Número XLVIII parte 9

As-Sahifatu- As Sajjadíya (Súplicas) Do Imam 'Alí Ibn Al Hussain As-Sajjad (A.S.)

Ali Ibn Hussain Ibn Ali Ibn Abi Talib conhecido como Imam Sajjad e Zain al-Abidin é o quarto Imam infalível (que a paz esteja com ele).

Súplica Número XLVIII

Sua Súplica na jornada de Arafa

Arafa. É o nono dia do décimo segundo mês do calendário lunar Islâmico. Nele a peregrinação deve ser feita e o seu início começará neste dia sagrado. O Profeta Mohammad disse que a essência da peregrinação é concluída neste nobre dia.

58 – Pois, em consequência, dá-me uma vida agradável e pura, uma vida ordenada e organizada segundo minha vontade, que conclua como eu quero, sem que cometa nela o que Te desagrada nem incorra no que proibiste. Faz-me morrer como aquele cuja luz corre diante dele e a sua direita.Faz-me humilde perante Ti Mesmo, mas brinda-me com a glória e o poder perante Tuas criaturas. Faz-me submisso quando estou só contigo e eleva-me entre Teus servos. Faz-me prescindir de quem prescinde de mim e não me precisa, e aumenta minha pobreza e miséria a respeito de Ti para ser cada vez mais necessitado e dependente de Ti. Refugia-me da burla e alegria dos inimigos, da chegada da prova, e da humilhação e do cansaço.

59 - Cobre os pecados que conheces de minha parte como quem se não posse por sua benevolência se tivesse vingado e se não fosse por sua cordialidade tivesse castigado pelas faltas. E se decides castigar a um povo por sua desobediência com algo mau, então me resgata disto brinda-me refúgio em Ti Mesmo. E se não me escandalizaste nesta instância, também não o faças em Tu além. Reúne para mim Tuas primeiras graças com as últimas e Teus benefícios passados com os recentes.

60 - Não me concedas um prazo demasiado longo de tal modo que resulte para mim o endurecimento do meu coração. Também não me mandes uma desgraça que faça desaparecer minha beleza nem me faças descer a um grau baixo, de tal modo que resulte insignificante minha hierarquia, ou a um estado defeituoso pelo qual resulte desconhecida minha categoria. Não me amedronte de forma que perca a esperança, nem me atemorize de forma que fique aterrorizado.

61 - Faz que meu medo se deva exclusivamente à Tua ameaça, que minha preocupação seja por Teu aviso e advertência de castigar e meu temor surja perante a recitação de Teus versículos alcorânicos. Ocupa minha noite em despertar-me para adorar-Te, minha solidão com a comunhão pacífica contigo. Colocando meus desejos diante de Ti. Faz que declare o ônus de minhas necessidades perante Ti. Faz que Te peça frequentemente a libertação do Inferno e meu refúgio de Teu castigo aplicado às pessoas que se encontram nele.

62 - Não me deixes em minha rebeldia extraviado, desobedecendo-Te, nem em meu redemoinho desatento até o fim de minha vida. Não faças de mim uma lição para os que procuram conselho, (fazendo-me cair em desgraça), nem um instrumento de escarmento para quem procura ensinar, nem uma prova para quem observa. Não me faças do grupo de quem resulta aflito por Teu engano. Não me substitua por outro, nem mudes meu nome (tirando-o da lista dos benfeitores) nem modifiques meu corpo (por meio das provas neste mundo e do castigo no Outro Mundo). Não me faças um motivo de burla para as pessoas e de zombaria para Ti Mesmo. Não me faças seguir senão Tua complacência, nem me coloques em dificuldades dando-me poder, senão para vingar-me de Teus inimigos por Ti.

Clique aqui para baixar o livro completo: https://btid.org/pt/book/239460

As-Sahifatu-As Sajjadíya Súplica Número XLVIII parte 9

As-Sahifatu-As Sajjadíya Súplica Número XLVIII parte 9

Plain text

  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <span> <blockquote> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <br> <hr> <h1> <h2> <h3> <h4> <h5> <h6> <i> <b> <img> <del> <center> <p> <color> <dd> <style> <font> <u> <quote> <strike> <caption>
  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.
  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente.
1 + 1 =
Solve this simple math problem and enter the result. E.g. for 1+3, enter 4.