Os direitos da mulher na sociedade

10:53 - 2016/12/05

A mulher no Islam é a base e a pedra angular na construção da família, e é o querido coração que se inunda de sentimento de amor, misericórdia e serenidade.

Os Direitos Da Mulher Na Sociedade

Os Direitos Da Mulher Na Sociedade

Baseado nesses princípios, o Islam garante direitos iguais a mulher e aos do homem, exceto onde existam diferenças ligadas a constituição física, psicológica, sexual e de posição na sociedade.

O Islam garante os seguintes direitos a mulher:

1. O direito do aprendizado

De fato, o Islam ordena ao homem e a mulher o estudo e o aprendizado. Uma tradição diz: “Buscar o conhecimento é um dever imposto para todos os Muçulmanos, homens e mulheres”.

2. O direito ao trabalho

Ao homem e a mulher é dado o direito de trabalhar. Todos os trabalhos lícitos segundo a religião estão a disposição para ambos. A mulher casada, contudo, necessita da permissão de seu marido (para trabalhar fora), porque os direitos matrimoniais e o sistema familiar são prioritários no Islam. Para a esposa é obrigatório proteger a vida familiar e cuidar de suas obrigações do lar.

3. Os direitos políticos

No Islam, a mulher goza de direitos políticos plenos, exceto para a nomeação do posto de Chefe de Estado ou de Juiz, que são funções reservadas exclusivamente ao homem. Ela participa em todas as atividades políticas e sociais, tais como a eleição de um Chefe de Estado, dos representantes do parlamento, etc. Pode até mesmo ser uma parlamentar, fazer parte do Ministério e ocupar todos os outros postos políticos.

O Alcorão fala sobre a fidelidade das mulheres para com o Profeta (S.A.A.S.), e a história é testemunha de que as mulheres prestaram juramento aceitando a soberania do Profeta e de seus sucessores:

“Ó Profeta! Quando as fiéis se apresentarem diante de ti, jurando-te fidelidade, afirmando que não atribuirão parceiros a Deus, não roubarão, não fornicarão, não serão filicidas, não se apresentarão com calúnias que forjarem intencionalmente, nem te desobedecerão em causa justa, aceita então, o seu compromisso e implora para elas o perdão de Deus. Porque Deus é Indulgente e Misericordiosíssimo.” (Alcorão Sagrado C.60 – V.12)

Realmente, este voto de fidelidade é obrigatório para os homens e as mulheres, já que é a aceitação da tutela do Líder ou do Imam da nação Islâmica.

4. Os direitos civis

A mulher, como o homem, goza de plenos direitos civis, ela pode herdar, comprar, vender, doar, receber, concluir contratos, etc. No Islam, a mulher tem personalidade legal e independente, e suas obrigações são independentes das do seu pai, dos seus irmãos ou do seu marido. Assim, a mulher no Islam possui todos os direitos e é tratada em igualdade com o homem neste aspecto.

Plain text

  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <span> <blockquote> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <br> <hr> <h1> <h2> <h3> <h4> <h5> <h6> <i> <b> <img> <del> <center> <p> <color> <dd> <style> <font> <u> <quote> <strike> <caption>
  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.
  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente.
2 + 8 =
Solve this simple math problem and enter the result. E.g. for 1+3, enter 4.