A estrada para a Luz, versículos 118-119 do capítulo de Báqara

10:00 - 2022/01/29

-O Alcorão é o eterno milagre. É o último livro de Deus enviado para orientação da humanidade, por intermédio do último Profeta, Muhammad (que a Paz e a Bênção de Deus estejam sobre ele). O Alcorão está dividido em 114 capítulos, de tamanhos variados, a mais longa é a Báqara, (a Vaca), que consiste de 286 versículos, e o mais curta é Al-Cauçar, (a Abundância), de apenas três versículos. Todo o Alcorão contém 6,666 versículos, com 323 671 letras. Os capítulos revelados antes da migração do Profeta para Medina são chamados de Meca, e os revelados após a migração, de Medina.

A estrada para a Luz, versículos 118-119 do capítulo de Báqara

 

Os versículos 118 e 119 do capítulo Báqara:

وقال الذين لا يعلمون لولا يكلمنا الله أو تأتينا آية كذلك قال الذين من قبلهم مثل قولهم تشابهت قلوبهم قد بينا الآيات لقوم يوقنون
Aqueles que não sabem dizer (os néscios): “Por que Deus não fala conosco, ou nos apresenta um sinal?” Assim falaram, com as mesmas palavras, os seus antepassados, porque os seus corações se assemelham aos deles. Temos elucidado os versículos para a gente persuadida. (Báqara: 118)

إنا أرسلناك بالحق بشيرا ونذيرا ولا تسأل عن أصحاب الجحيم
Por certo (ó Mensageiro) que te enviamos com a verdade, como alvissareiro e admoestador, e que não serás responsabilizado pelos réprobos. (Báqara: 119)

Um das dificuldades que os ignorantes e preconceituosos criaram para o profeta, foi porque o Deus colocou um profeta entre ele porque o Deus não fala diretamente com eles, para assim aceitá-lo. O Sagrado Alcorão sobre esses dizeres e pedidos incorretos ao profeta dos muçulmanos diz que esses pretextos não são novos e são os mesmos que tinham dito os seus antecessores, porque seus corações estavam doentes e contra o Deus. Essas pessoas que não eram capazes de receber os versículos de Deus, possivelmente, se estes versículos divinos fossem revelados a eles mesmos, não o aceitariam, porque buscavam um pretexto para não aceitar a verdade, porque o homem deve aceitar a verdade, mesmo que seja dos outros. O critério da verdade não é compreender o que eu dizer, ou dizer como não me foram revelados os versículos não os aceitaria. Obviamente, os mensageiros de Deus não têm qualquer responsabilidade, exceto para enviar as revelações divinas e recomendar às pessoas a sua aplicação, eles só são responsáveis por fazer o que Deus manda e não de seus resultados, por isso, não obrigam as pessoas para aceitar a verdade. 
O versículo 120 do capítulo de Báqara:
ولن ترضى عنك اليهود ولا النصارى حتى تتبع ملتهم قل إن هدى الله هو الهدى ولئن اتبعت أهواءهم بعد الذي جاءك من العلم ما لك من الله من ولي ولا نصير
Nem os judeus, nem os cristãos, jamais estão satisfeitos contigo, a menos que abraces os seus credos. Dize-lhes: “Por certo que a orientação de Deus é a Orientação!” Se te renderes aos seus desejos, depois de te ter chegado o conhecimento, fica sabendo que não terás em Deus, Protetor, nem Defensor. (Báqara: 120)

Depois de mudar a Quibla, se aumentou a ira dos judeus e de muçulmanos e alguns muçulmanos queriam que a Quibla não tivesse mudado para que eles pudessem conviver com os judeus em Medina em amizade, ignorados que a mudança de Quibla foi apenas um pretexto pelos judeus à oposição aos muçulmanos. Eles não só não queriam aceitar o Islã, mas provocar inclinações judaicas entre os muçulmanos, este versículo levanta um princípio geral de que, quando os muçulmanos se retrocederam as suas posições, o inimigo ao mesmo nível avança para frente em seu ateísmo, pois, não se reconciliam com seus inimigos. Então continuamos ouvindo o versículo 121 do capítulo de Báqara:

الذين آتيناهم الكتاب يتلونه حق تلاوته أولئك يؤمنون به ومن يكفر به فأولئك هم الخاسرون
Aqueles a quem concedemos o Livro recitam-no como ele deve ser recitado. São os que acreditam nele; porém, aqueles que o negarem serão desventurados. (Báqara: 121)

Posto que o sagrado Alcorão sempre se encontre com justiça a oposição, por este modo, este versículo diz, embora a maioria das escrituras não aceitasse o Islã, mas aqueles que leram os livros sagrados, com uma visão de aceitar a verdade, aceitam o profeta e o Alcorão. Estes versículos dizem claramente que ler os versículos do Alcorão, embora eles fossem com uma boa voz não é suficiente, o que leva o homem a prosperidade é pensar e a deliberação nos significados do Alcorão. Neste momento, vamos ler versículos 122 e 123 do capítulo Báqara.

يا بني إسرائيل اذكروا نعمتي التي أنعمت عليكم وأني فضلتكم على العالمين
Ó israelitas, recordai-vos das Minhas mercês com as quais vos agraciei, e de que vos preferi aos vossos contemporâneos. (Báqara: 122)

واتقوا يوما لا تجزي نفس عن نفس شيئا ولا يقبل منها عدل ولا تنفعها شفاعة ولا هم ينصرون
E temei o dia em que nenhuma alma poderá advogar por outra alma, nem lhe será aceita compensação, nem lhe será admitida intercessão alguma, nem ninguém será socorrido. (Báqara: 123)

Neste momento, revemos os versículos que estudamos hoje:
1. Nós aceitamos a verdade mesmo que os outros não pensam que tudo o que eu digo é a verdade e ditas dos outros não são verdadeiras e são falsas, consideramos a verdade e a mentira, ao critério de pessoas e não que as pessoas sejam nossos critérios.
2. Os mensageiros divinos foram enviados para aconselhar e não para forçar as pessoas a aceitar a religião, por isso, os desviados são responsáveis perante os atos que tenham voluntariamente escolhido, é necessário considerar igualmente os adversários, por isso, os versículos que criticam os filhos de Israel se tem usado de palavras como a maioria e do grupo até que não se perde o justo de seus sábios e pessoas íntegras.

 

 

Fonte : Pars Today

Plain text

  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <span> <blockquote> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <br> <hr> <h1> <h2> <h3> <h4> <h5> <h6> <i> <b> <img> <del> <center> <p> <color> <dd> <style> <font> <u> <quote> <strike> <caption>
  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.
  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente.
Fill in the blank.