A religião Versus Inveja I

14:04 - 2023/03/13

Deus, o Onipotente, disse no Alcorão que, apesar do fato de que faz parte da natureza do homem amar e conseguir benefícios se pede a ele que obedeça às leis, a razão e que respeite o bem-estar social quando buscar atender sua natureza.
 

A religião Versus Inveja I

A religião Versus Inveja

Portanto, quando Deus concede um benefício a uma pessoa, ninguém deve invadir seu direito ou privá-lo deste benefício em nome do atendimento de sua própria cobiça ou para tirar vantagem de seu semelhante. Pelo contrário, o que se espera é que o homem siga um caminho sensato até o que almeja na vida.

Deus, o Onipotente, diz: Não ambicioneis aquilo com que Deus agraciou uns, mais do que aquilo com que (agraciou) outros, porque aos homens lhes corresponderá aquilo que ganharem; assim, também as mulheres terão aquilo que ganharem. Rogai a Deus que vos conceda a Sua graça, porque Deus é Onisciente. (4:32)
Assim sendo, devemos nos esforçar ao máximo e suplicar a Deus para que nos conceda de Seus eternos tesouros e que nos facilite os assuntos difíceis, fazendo com que se aproxime de nós aquilo que almejamos. Se o invejoso, que gasta seus pensamentos e sentimentos numa área inapropriada, dirigisse seu empenho para a senda de seus
objetivos e desejos, os raios da felicidade inevitavelmente brilhariam em seu caminho. Muitas tradições foram narradas pelos Imames (A.S.) alertando sobre a inveja e para que nos guardássemos de seus efeitos perigosos.

A seguinte narrativa do Imam Assadeq (A.S.) por hora nos basta. Ele destaca dois fatores espirituais que estão por trás da inveja quando diz:
“A inveja se origina da cegueira do coração e da recusa às bênçãos de Deus (glorificado Seja) os quais, são duas argolas da descrença. Foi com inveja que o filho de Adão (A.S.) caiu vítima da tristeza eterna e se tornou acometido da danação eterna da qual nunca será resgatado”.
Um dos elementos que provoca a inveja é má educação em casa. Se os pais amam um de seus filhos e o agraciam com amor e afeição especiais enquanto privam os demais do mesmo tratamento, estes criarão um sentimento de humilhação e revolta.

 

A religião Versus Inveja

A religião Versus Inveja

A inveja com que muitos sofrem geralmente se origina no lar e causa tristeza e infortúnio para uma grande parte da sociedade. Semelhante resultado é natural em qualquer sociedade, quando a base da autoridade é construída sobre injustiça, opressão, racismo, sectarismo, nacionalismo, etc. Os membros de uma sociedade assim serão dominados pela dissensão, e as chamas do ódio e da inveja se acenderão em seus corações. O Mensageiro de Deus Mohammad (S.A.A.S.) proibiu os muçulmanos da prática de injustiça em relação aos filhos para impedir a propagação da inveja e outros pecados que venham a macular suas vidas. Ele disse: “Trateis vossos filhos com igualdade quando distribuirdes presentes”. (nahj al fasahah p.366)

Bertrand Russel citou o autor do livro, “The Fairchild Family” que escreveu um capítulo a respeito do método de se evitar os pecados, dizendo: “Lucy recebeu uma pequena agenda para anotar qualquer mau pensamento que surgisse em seu íntimo. Seus pais deram um copo a seu irmão e uma fita cassete a sua irmã durante o café da manhã, sem que Lucy ganhasse coisa alguma. Ela escreveu em sua agenda que um mau pensamento tinha vindo à sua mente naquele momento. Pensou que os pais a amavam menos do que amavam seus irmãos”.
O Imam Ali (A.S.) destacou o mal que a inveja pode provocar ao corpo quando disse: “O que me admira é a negligência dos invejosos quanto à saúde de seus corpos”. (ghurar al hikam p.494)

Plain text

  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <span> <blockquote> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <br> <hr> <h1> <h2> <h3> <h4> <h5> <h6> <i> <b> <img> <del> <center> <p> <color> <dd> <style> <font> <u> <quote> <strike> <caption>
  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.
  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente.
1 + 18 =
Solve this simple math problem and enter the result. E.g. for 1+3, enter 4.