Interpretação do Alcorão,Sol /1

14:08 - 2021/06/08

Esta surata é na verdade a surata da santificação da alma e da purificação do falso. No início, Deus jura por onze elementos importantes na criação e por sua própria Essência imaculada, para confirmar que o triunfo e o sucesso dependem da santificação da alma.

Interpretação do Alcorão

Interpretação exemplar do Alcorão Sagrado

Surah Al-Shams (o sol) - No. 91,
A sura foi revelada em Meca: consiste em quinze versos.

Conteúdo e mérito da sua leitura:
Esta surata é na verdade a surata da santificação da alma e da purificação do falso. No início, Deus jura por onze elementos importantes na criação e por sua própria Essência imaculada, para confirmar que o triunfo e o sucesso dependem da santificação da alma.

E poderíamos dizer que a maioria dos juramentos do Alcorão Sagrado foram compilados nele. Por fim, o povo de thamud é citado como exemplo do povo rebelde e ultrapassado, que, por ter abandonado a santificação da alma, mergulhou-se na desgraça eterna e Deus desencadeou um castigo intenso sobre os seus habitantes.

A sura culmina com referência ao seu extermínio. Na verdade, este curto capítulo enfatiza uma das questões mais determinantes da vida humana e apresenta o sistema de valores dentro do Islã.
Para entender seu mérito, é suficiente a seguinte frase do Profeta (que a paz esteja com ele e sua família purificada).

1. P o sol e seu esplendor matinal
Como já dissemos, geralmente os juramentos do Alcorão contêm duas razões: uma indica a importância do assunto a que se referem e a outra, a importância dos elementos que são usados ​​como objetos desses juramentos. Eles nos incentivam a meditar e a refletir sobre a essência da criação, aproximando-nos de Deus.

O sol desempenha o papel mais crucial na vida humana e de todos os seres vivos, uma vez sendo (o sol e o amor fontes de luz e calor) dois fatores principais para a continuidade da vida, outros fatores também fluem deles, tais como o sopro dos ventos, as chuvas, o desenvolvimento das plantas, a marcha dos rios e cachoeiras e até o surgimento de fontes de energia como o petróleo e o carvão estão de alguma forma relacionados à luz solar. Se por um único dia esse foco vivificante fosse extinto; escuridão, silêncio e morte envolveriam tudo.

A palavra "Duhâ" significa dilatação da luz do sol e tem sido usada para se referir ao momento em que o sol nasce do horizonte e envolve tudo com sua luz. Portanto, essa hora do dia é chamada de "Duhâ." e é enfatizada, porque é a hora da soberania da luz do sol sobre a terra.

2. Pela lua, quando esta o segui.
Segundo a interpretação de alguns sábios, esse versículo se refere à noite de lua cheia, ou seja, a décima quarta noite do calendário islâmico. Nesta noite, a lua aparece imediatamente após o pôr do sol e com sua face luminosa, consolida sua soberania sobre toda a largura do firmamento. Devido ao seu maior esplendor em relação ao resto das noites, tem sido utilizado como meio de juramento.
Além disso, foi dada a possibilidade de apontar a obediência constante da lua ao sol e o benefício que ela obtém da luz daquela fonte. No entanto, neste caso particular, a frase “Idhâ Talâhâ” (quando se segue), é uma explicação do que foi mencionado acima e confirmação da primeira versão.

3. Pelo dia, quando ilumina (a terra)
A palavra “jal·lâhâ” vem da raiz “Jáliah” e é definida como uma aparência ou esclarecimento. Existem discrepâncias entre os intérpretes sobre o pronome “HA” (la) que acompanha a palavra “Jal·lâhâ”. A maioria considera que se refere à terra ou ao mundo. É verdade que os versículos anteriores não mencionam a terra, porém pela sua estrutura, é óbvio que se refere a ela. Portanto, a interpretação exata do versículo seria: "Durante o dia, quando ilumina a terra."
A minoria acredita que o pronome se refere ao sol. Em seguida, seria interpretado: "Durante o dia, quando o sol brilha." Na verdade, é o sol que ilumina o dia, embora em sentido figurado se possa dizer o contrário.
No entanto, a primeira interpretação é a mais adequada. Em qualquer caso, jurar por este fenômeno celestial implica seu efeito extraordinário na vida de todos os seres humanos, sendo que o dia é a chave do caminhar, do movimento e da vida em geral, todas as tentativas e esforços da vida cotidiana são realizadas à luz do dia.

 

Como já dissemos, geralmente os juramentos do Alcorão contêm duas razões: uma indica a importância do assunto a que se referem e a outra, a importância dos elementos que são usados ​​como objetos desses juramentos. Eles nos incentivam a meditar e a refletir sobre a essência da criação, aproximando-nos de Deus.

 

Plain text

  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <span> <blockquote> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <br> <hr> <h1> <h2> <h3> <h4> <h5> <h6> <i> <b> <img> <del> <center> <p> <color> <dd> <style> <font> <u> <quote> <strike> <caption>
  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.
  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente.
4 + 5 =
Solve this simple math problem and enter the result. E.g. for 1+3, enter 4.