Filosofia de Muharram

09:19 - 2016/10/04

Mês de Muharram, que marca a relembrança de Ashura, o triste martírio do Imam al-Hussain ibn Ali (A.S.), o neto do Profeta do Islam (S.A.A.S.). Que se sacrificou pela religião e pela verdade. Que possa o exemplo do Imam Al-Hussain (A.S.), seus familiares e companheiros ser um guia para nossas vidas e conduta.

Filosofia de Muharram

Filosofia de Muharram:

Na sala quente e lotada, abafada por lamentos que são lançados como pombas taciturnas e lágrimas que rolam em meio a soluços como o orvalho sobre as pétalas de rosas. Todos estão focados no Imam Hussain. Todos estão pensando sobre o mestre dos mártires. Não há passado, não há presente, só existe o agora, nós não existimos, apenas o Imam Hussain, não há medo da morte, não há desejo para este mundo, apenas a sua libertação, a liberdade e o amor verdadeiro, pois, esta é a cerimônia (Majlis) do Imam Hussain (A.S.). Desde a infância, aprendemos sobre a tragédia de Karbala. Onde existem xiitas é possível encontrar pessoas se lamentando e participando das cerimônias. Algumas pessoas têm “questionado a verdadeira natureza” islâmica desses atos. Alguns afirmam que é um pecado grave, uma inovação no Islam. Outros consideram esse evento nobre como sendo “atrasado”, outros, ainda, acreditam que seu objetivo é simplesmente fazer as pessoas chorarem. Neste artigo, se Deus quiser, vamos examinar as origens históricas, bem como a filosofia por trás disso.

O elemento principal da comemoração de Karbala é a lembrança (thikr) do sofrimento dos personagens sagrados desta tragédia. Pelo menos na época do Imam Jafar al-Sadeq (A.S.), isso foi feito através de um relato poético dos eventos. O primeiro Majils, no entanto, foi realizado pela irmã do Imam Hussain, a senhora Zainab, e o quarto Imam Zainul Abideen (A.S.). Durante seu tempo e por muitos anos mais, as condições políticas e sociais não permitiram a recitação pública do Majils (celebração). Assim, os xiitas devotos realizavam as cerimônias privadas.

Plain text

  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <span> <blockquote> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <br> <hr> <h1> <h2> <h3> <h4> <h5> <h6> <i> <b> <img> <del> <center> <p> <color> <dd> <style> <font> <u> <quote> <strike> <caption>
  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.
  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente.
12 + 5 =
Solve this simple math problem and enter the result. E.g. for 1+3, enter 4.