O arrependimento é um dever imediato 1

14:00 - 2022/07/02

O pecado é uma doença psicológica que tem cura. Os doutores que curam tal doença são Deus, os Profetas (A.S), os Imames (A.S) e os sábios 'Ulamâ. Então o doente deve ir a esses doutores e seguir suas instruções para que possa se recuperar e se curar psicologicamente. Assim também pode participar da caravana espiritual dos servos de Deus.

O arrependimento é um dever imediato

Os doentes da doença do pecado devem cuidar para que, assim como para as doenças do corpo, devem ir ao médico assim que os sintomas aparecerem e assim se livrar desse mal antes que se torne crônico e incurável. O dever é apressar-se a curar o mal do pecado seguindo as instruções do Doutor (Deus), arrependendo-se e voltando-se para Deus para se livrar dos efeitos maléficos do pecado e das trevas da desobediência.

Tem que sair do círculo de Satanás e dos desejos pecaminosos; retire dos corações as cortinas da desobediência e as teias de aranha do pecado e permita que a luz da aceitação do arrependimento entre, e a luz da misericórdia e do perdão ilumine o coração. Só assim o ser humano pode estar espiritual e psicologicamente em harmonia e segurança.

O pecador, a partir do momento em que sai da Escuridão do carnal e do desejo e percebe seu estado miserável diante de toda a misericórdia e generosidade divina, deve ocupar o resto de sua existência em obediência, adoração, serviço para as pessoas e bondade; ele deve purificar seu coração da sujeira da desobediência e das trevas do pecado. Deve se livrar de todos esses pecados aparentes e ocultos; cortar as relações com Satanás e com o desejo e deve voltar-se para Deus para reparar os erros. Deve seguir o caminho certo, humilhar-se diante do Todo-Poderoso e continuar a adorá-Lo e ajudar Seu povo.

O dever do pecador, de acordo com a jurisprudência e a Shari'a, é um dever imediato. Isso indica que devemos nos arrepender no exato momento em que sentimos que cometemos um pecado e portanto, desobedecemos ao Criador, que nos revelamos à Sua Custódia como o Criador Mais Generoso, que fomos contra Seu Reino bondoso. Quando uma pessoa percebe que isso aconteceu, deve imediatamente e sem demora voltar-se para Deus e remover as raízes do pecado de sua alma e vida. Deve se arrepender do pecado e remover todos os seus efeitos para que possa purificar seu coração e obter a misericórdia e o perdão de Deus. Se ficarmos para trás no arrependimento, esperando que possamos nos arrepender no futuro, isso em si, é considerado um pecado e uma forma de desobediência. Isso leva a pessoa a se sentir livre do castigo de Deus e, por sua vez, garante que ela continue cometendo pecados.

'Abdul 'Adzim al Hasani narra do Imam al Jawâd (AS), do Imam Rizâ (AS), que o Imam Ja'far As-Sâdiq (AS) explicou a 'Amr Ibn 'Ubaid os maiores pecados de acordo com o Alcorão e finalmente disse: “E sinta-se livre do castigo de Deus..”[1]

 

[1] citado das tradições proféticas mencionadas em Bihâr ul-Anwâr. Vol. 3 p. 278-281.

Plain text

  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <span> <blockquote> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <br> <hr> <h1> <h2> <h3> <h4> <h5> <h6> <i> <b> <img> <del> <center> <p> <color> <dd> <style> <font> <u> <quote> <strike> <caption>
  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.
  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente.
4 + 4 =
Solve this simple math problem and enter the result. E.g. for 1+3, enter 4.