O significado de exegese no Alcorão, segundo os Comentadores e Eruditos

14:58 - 2023/04/01

- Há um considerável desacordo no que se refere ao significado de exegese, e é possível contar mais de uma dezena de opiniões diferentes. Existem, todavia, duas opiniões que adquiriram aceitação geral.

O significado de exegese no Alcorão, segundo os Cmentadores e Eruditos

O significado de exegese no Alcorão, segundo os Comentadores e Eruditos A primeira é a da primeira geração de eruditos que utilizava o termo exegese como sinônimo para comentário, ou “tafsir”.

De acordo com essa opinião, todos os versículos alcorânicos estão abertos ao “ta’wil”, embora de acordo com o versículo, “ninguém, senão Deus conhece sua verdadeira interpretação”, são os versículos implícitos cuja interpretação somente é conhecida por Deus. Por isso, muitos dos primeiros eruditos disseram que os versículos implícitos eram as letras do início das suras, uma vez que eram os únicos versículos cujo sentido não era conhecido por ninguém.

Uma opinião que é partilhada por alguns dos sábios posteriores. Eles argumentaram que desde que há um meio de descobrir o sentido de qualquer versículo, e, sobretudo já que as letras muqatta’ah não estão, obviamente, na mesma classificação dos versículos implícitos, então a distinção entre ambos é evidente.

A segunda, a opinião dos eruditos posteriores é que a exegese se refere ao significado de um versículo além de seu sentido literal, e que nem todos os versículos possuem exegese, somente os implícitos, cujo sentido último é conhecido apenas por Deus. Os versículos em questão aqui são aqueles que se referem às características humanas de ir, vir, sentar, ou de satisfação, ira e tristeza, aparentemente atribuídas a Deus; e também, aqueles versículos que aparentemente atribuem erros aos mensageiros e profetas de Deus (quando, na realidade, eram infalíveis).

A opinião de que o termo exegese se refere a um sentido diverso do aparente se tornou plenamente aceito. Ademais, na divergência de opiniões entre os eruditos, exegese passou a significar “transferir” o sentido aparente de um versículo para um sentido diferente por meio de uma prova chamada “ta’wil”; esse método não é livre de evidentes incompatibilidades.

Muito embora essa opinião tenha adquirido considerável aceitação, é incorreta e não pode ser aplicada aos versículos alcorânicos pelas seguintes razões:

Primeira, os versículos “Esperam eles, algo além da comprovação?” (C.7 – V.53). E, “Porém, desmentiram o que não lograram conhecer, mesmo quando a sua interpretação não lhes havia chegado” (C.10 V.39) indicam que todo o Alcorão possui exegese, e não apenas os versículos implícitos, como afirmou esse grupo de eruditos.

Segunda, o que se deduz dessa opinião é que há versículos alcorânicos cujo sentido verdadeiro é confuso e está oculto às pessoas, somente Deus o conhece. Entretanto, um livro que se declara como um desafio e dotado de excelência em sua brilhante linguagem dificilmente seria considerado eloquente se não transmitisse o sentido de suas próprias palavras.

O significado de exegese no Alcorão, segundo os Comentadores e Eruditos

Terceira, se aceitássemos essa opinião, então a validade do Alcorão seria passível de questionamento, já que, de acordo com o versículo, “Por que não refletem sobre o Alcorão, se fosse de outra fonte que não Deus encontrariam nele muitas discrepâncias” (C. 4 - V. 82)

Uma das provas de que o Alcorão não é palavra humana é que, a despeito de ter sido revelado em circunstâncias amplamente variadas e difíceis, não há contradição nele, nem em seu sentido literal tampouco em seu sentido interior, e qualquer contradição inicial desaparece com a reflexão.

Caso se creia que um grupo de versículos implícitos esteja em desacordo com o “muhkam” ou os versículos explícitos, esse desacordo pode ser resolvido explicando-se que o que é tencionado transmitir não é o sentido literal, mas outro sentido conhecido somente

por Deus. Contudo, essa explicação nunca provará que o Alcorão “não seja palavra humana”. Se pela exegese mudamos alguma contradição nos versículos explícitos ou “muhkam”, para outro sentido além do literal, é evidente que podemos também fazer isso com o texto escrito ou falado de origem humana.

Quarta, não há prova de que exegese indique um sentido diferente do literal e que, nos versículos alcorânicos que mencionam o termo exegese, o sentido literal não seja o propósito expresso. Em três ocasiões na história de José, a interpretação de seu sonho é chamada de “ta’wil”. É evidente que a interpretação de um sonho não é fundamentalmente diferente da aparência do sonho; é a interpretação do que é retratado numa forma particular no sonho.

Também vejam: O significado de exegese no Alcorão, segundo os Comentadores e Eruditos O significado de exegese no Alcorão, segundo os Cmentadores e Eruditos

Plain text

  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <span> <blockquote> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <br> <hr> <h1> <h2> <h3> <h4> <h5> <h6> <i> <b> <img> <del> <center> <p> <color> <dd> <style> <font> <u> <quote> <strike> <caption>
  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.
  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente.
1 + 0 =
Solve this simple math problem and enter the result. E.g. for 1+3, enter 4.