As-Sahifatu-As Sajjadíya Súplica Número XLIV parte 2

11:32 - 2023/06/07

-“AS-Sahifatu- As Sjjadíya” é uma joia literária que expressa todos aqueles momentos em que o servo precisa encontrar Deus e transmitir suas necessidades, fraquezas, desejos, sentimentos, e transmitir o que está dentro de seu ser, para que, através da súplica, possa de alguma forma se levantar e se encontrar com Deus.

As-Sahifatu-As Sajjadíya Súplica Número XLIV parte 2

As-Sahifatu-As Sajjadíya Súplica Número XLIV parte 2

As-Sahifatu- As Sajjadíya (Súplicas) Do Imam 'Alí Ibn Al Hussain As-Sajjad (A.S.)

Ali Ibn Hussain Ibn Ali Ibn Abi Talib conhecido como Imam Sajjad e Zain al-Abidin é o quarto Imam infalível (que a paz esteja com ele).

Súplica Número XLIV

Sua Súplica no Dia do Sacrifício e da sexta-feira

Dia do Sacrifício: “O décimo dia do décimo segundo mês do calendário islâmico, onde todos os peregrinos que estão presentes ao lado da Makka, num vale chamado de Mina, devem sacrificar um animal (Camelo ou vaca ou ovelha)  para completar seu ritual da peregrinação. E Também os outros muçulmanos que estão fora deste vale, é recomendável também sacrificar o animal e distribuir entre os pobres e necessitados.”

10 - Vim a Ti reconhecendo o delito e a maldade que cometi contra mim mesmo. Vim a Ti esperando Teu imenso perdão com o qual perdoaste aos pecadores, já que a amplitude de seus empenhos nos grandes delitos não Te impedem se lhes concedes a misericórdia e indulgência.

11 - Então, ó Aquele Cuja misericórdia é ampla, Sua dispensa é grande, ó Grandioso, ó Grandioso, ó Generoso, ó generoso, abençoa a Mohammad e à família de Mohammad, e favorece-me com Tua misericórdia e Teu favor. Trata-me amavelmente e brinda-me com uma ampla indulgência.

12 - Ó Deus, esta posição é exclusiva de Teus legatários e Teus eleitos, e este local de Teus fiéis com graus elevados com que os distinguiste, foram arrebatados (pelos usurpadores). Tu és Quem tem decretado isto. Tua ordem não pode ser revogada e, é impossível ultrapassar Tua decidida determinação, como quiser e quando Tu queres. E Tu decretaste isto sobre Tuas criaturas, por razão que Tu melhor conheces. Então, Tu, em Tua vontade, não podes ser acusado de tratar injustamente à Tua criação. Até que Teus escolhidos e Teus sucessores foram derrotados, submetidos, humilhados, e eles observam que Teus mandatos sendo (foram) modificados (pelos hipócritas), Teu livro abandonado, Tuas obrigações alteradas e os rumos de Tuas religiões e a Tradição de Teu Profeta deixadas de lado.

13 - Ó Deus, amaldiçoa os seus inimigos (os inimigos de Teus escolhidos e Teus legatários) desde os primeiros e aos últimos, a quem se satisfez com suas ações, a seus partidários e seus seguidores.

14- Ó Deus, abençoa a Mohammad e à família de Mohammad. Certamente Tu és Louvável, Gloriosíssimo, tal como foram Tuas misericórdias, bênçãos e comprimentos sobre Teus escolhidos, Abraão e a sua família. Apressa para eles (Mohammad e sua família) o alívio, a tranquilidade, a vitória, a plenitude e o apoio.

15 - Ó Deus, faz-me dos monoteístas, dos que acreditam em Ti, dos que acreditam em Teu Mensageiro (A.S.), e nos Imames, cuja obediência fizeste obrigatória, os Imames através de cujas mãos se põe em vigência à unicidade Divina, a fé e a confirmação. Amém, ó Senhor do Universo!

16 - Ó Deus, nada pode impedir Tua ira exceto Tua prudência. Nada pode apartar Tua cólera exceto Teu perdão. Nada pode proibir Teu castigo exceto Tua misericórdia. Ninguém pode se resgatar de Ti exceto pela invocação intensa a Ti e perante Ti. Então, abençoa a Mohammad e à família de Mohammad. E concede-nos, ó meu Deus, um alívio com o Teu poder com o qual ressuscitas os servos mortos e através do qual restituas à vida às terras inertes. Ó meu Deus, não me deixes perecer de tristeza até atender a minha súplica e informar-me a resposta de meu rogo. Faz-me desfrutar o sabor da saúde até o final de minha vida. Não permitas que meu inimigo (o Satanás) se alegre com minha desgraça, nem se estabeleça sobre mim subjugando-me, nem lhe dê soberania sobre mim.

Clique aqui para baixar o livro completo: https://btid.org/pt/book/239460

As-Sahifatu-As Sajjadíya Súplica Número XLIV parte 2

As-Sahifatu-As Sajjadíya Súplica Número XLIV parte 2

Plain text

  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <span> <blockquote> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <br> <hr> <h1> <h2> <h3> <h4> <h5> <h6> <i> <b> <img> <del> <center> <p> <color> <dd> <style> <font> <u> <quote> <strike> <caption>
  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.
  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente.
12 + 3 =
Solve this simple math problem and enter the result. E.g. for 1+3, enter 4.