Interpretação do Alcorão -Báqara VIII

19:23 - 2021/11/25

Uma tradição do imam Mohammad ibn Ali Al Báquir (que a paz esteja com ele), diz: “Todo servo crente possui uma mancha branca em seu coração. Ao praticar um pecado, a mancha escurece. Quando se arrepende, a escuridão desaparece. se continuar pecando, a mancha aumentará até cobrir a parte branca. Ao cobrir a parte branca, nunca mais haverá bondade nele”. isso é indicado pelas palavras de Deus, exaltado seja: “Qual! Em seus corações há a mácula (do pecado), que cometem”.“Deus selou os seus corações e os seus ouvidos; seus olhos estão velados.”

Interpretação do Alcorão

Interpretação do Alcorão -Báqara, parte VIII

A quinta face da incredulidade é a renegação, que é demonstrada pelas palavras de Deus, falando com Abraão (As): “Renegamo-vos e iniciar-se-á uma inimizade e um ódio duradouros entre nós e vós, a menos que creiais unicamente em Deus[1]!” E diz, citando satanás e a renegação de seus seguidores dentre os seres humanos, no Dia da Ressurreição: “Renego (o fato de) que me tenhais associado a Deus antes[2].

E diz: “só haveis adotado ídolos em vez de Deus, por causa do amor entre vós, e consideração quanto a esta vida terrena; eis que, no Dia da Ressurreição, negar-vos-eis e vos amaldiçoareis reciprocamente[3]” , ou seja, a renegação de uns a outros. “... tanto se lhes dá que os admoestes ou não os admoestes; não crerão.” Aqui, vemos a comparação entre as características dos tementes e dos incrédulos. se o Livro é orientação para os tementes, a admoestação ou a sua falta dá no mesmo para os incrédulos. Os instrumentos de recepção da verdade estão extraviados para eles.

O olho com que os tementes vêem os sinais de Deus, o ouvido com que ouvem o apelo da verdade, o coração com que compreendem as verdades, todos estão paralisados e inativos para os incrédulos. Eles possuem olhos, ouvidos e mentes, porém não possuem o poder da visão, da audição, e da compreensão, porque o seu envolvimento nas coisas materiais e a sua obsessão terrena são elementos que representam uma barreira perante os instrumentos de conhecimento.
Uma tradição do imam Mohammad ibn Ali Al Báquir (que a paz esteja com ele), diz: “Todo servo crente possui uma mancha branca em seu coração. Ao praticar um pecado, a mancha escurece. Quando se arrepende, a escuridão desaparece. se continuar pecando, a mancha aumentará até cobrir a parte branca. Ao cobrir a parte branca, nunca mais haverá bondade nele”. isso é indicado pelas palavras de Deus, exaltado seja: “Qual! Em seus corações há a mácula (do pecado), que cometem” [4].“Deus selou os seus corações e os seus ouvidos; seus olhos estão velados.”

Deus os selou para não alcançarem nenhuma verdade quanto à orientação. Seus olhos estão velados em castigo por terem zombado da admoestação, a ponto de considerarem a admoestação e a falta dela em pé de igualdade. Essas pessoas são como uma fgura ressequida, escura, inanimada, fxa, incapaz de levantar o selo de seus corações, ouvidos e olhos.

Aqui, cabe uma pergunta. O “selo” se refere à permanência desses na incredulidade por imposição, sem que haja possibilidade de sair de sua situação? isso não seria imposição? se for, por que o castigo? O Alcorão sagrado responde a essas perguntas e ensina que esse “selo”, esse “véu”, é o resultado da persistência deles no erro e da sua insistência perante a verdade, permanecendo na injustiça, na sedução e na incredulidade. Deus, Altíssimo, diz: “... e por dizerem: Nossos corações estão insensíveis! Todavia, Deus lhes obstruiu os corações, por causa de sua incredulidade[5]. E diz: “Assim sendo, Deus sela o coração de todo arrogante, tirano”.[6]

E diz, ainda: “Não tens reparado naquele que idolatrou os seus vãos desejos! Deus extraviou-o com conhecimento, selando os seus ouvidos e o seu coração, e cobriu a sua visão. Quem o iluminará, depois de Deus (tê-lo desencaminhado)? Não meditais, pois?[7]” .  Todos esses versículos confrmam que o motivo de sua incompreensão, a paralisação dos instrumentos de entendimento e de ação são causados pela incredulidade, pela arrogância e pela vaidade.[8]

 

[1] . Alcorão sagrado, 60:4

[2] . Alcorão sagrado,14:22

[3] . Alcorão sagrado, 29:25

[4] . Alcorão sagrado, 83:14

[5] . Alcorão sagrado, 4:155

[6] . Alcorão sagrado, 40:35.

[7] . Alcorão sagrado, 45:23

[8] . Revista Islâmica Evidências

Plain text

  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <span> <blockquote> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <br> <hr> <h1> <h2> <h3> <h4> <h5> <h6> <i> <b> <img> <del> <center> <p> <color> <dd> <style> <font> <u> <quote> <strike> <caption>
  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.
  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente.
Fill in the blank.